Cristiana Oliveira quebra o silêncio e revela o que acha das comparações com nova Juma

Cristiana Oliveira
Cristiana Oliveira fala sobre comparações de sua versão de Juma, em Pantanal, com a atual, vivida por Alanis Guillen (Imagem: Reprodução – SBT – TV Manchete – Globo / Montagem: RD1)

Cristiana Oliveira, que interpretou Juma Marruá em Pantanal, lançada pela TV Manchete em 1990, deu um basta sobre as comparações de sua personagem com a versão de Alanis Guillen, vivida no remake da Globo.

Em entrevista ao The Noite, no SBT, exibida na última quinta-feira (9), a atriz revelou o que acha da atuação de Alanis no remake da trama, que foi lançada neste ano e virou um sucesso de audiência.

Para começar, Cristiana contou que faz de tudo para não perder um capítulo da novela, mas que enfrenta dificuldades para conseguir acompanhar por conta dos compromissos do lançamento de seu novo livro:

Veja Também

“Assisto todo dia. Agora não, porque estou trabalhando muito, estou em turnê para lançar meu livro, as palestras que tenho feito, então está complicado, mas sempre vejo”.

Em seguida, Cristiana Oliveira contou que não gosta de ver comparações entre as versões de Juma. Para a atriz, ambas possuem as suas particularidades quando estão em cena:

“Não se compara, não. Isso é sacanagem. Não tem comparação. Ela [Alanis] faz do jeitinho dela. Eu amo…. Esse negócio de estar chegando aos 60, essa minha história de amadurecimento, me fez perceber que determinadas coisas e sentimentos são bobos”.

“Tenho uma segurança que, quando eu fiz, em 1990, causou a comoção que, naquela época, deveria causar. E peguei uma geração e depois peguei outra no SBT. As pessoas estão com a Juma na memória emotiva. Acho bobagem”, completou Oliveira.

Cristiana Oliveira comenta sobre relacionamento com Fábio Assunção nos anos 90

Há alguns dias, Cristiana recordou uma fase feliz de sua vida, comentando a respeito de seu casamento com Fábio Assunção, que aconteceu em 1990. Os atores ficaram juntos durante três anos.

Fui a primeira mulher dele. Ele tinha 19 anos. Ficamos três anos juntos. Fábio era outro dessa praia da inteligência, da cultura, do questionamento”, disse a atriz, em entrevista ao podcast Papagaio Falante.

“Sempre foi um cara muito questionador. Ele também veio do teatro de São Paulo. Ele é um superator, um cara muito entregue. Eu o admiro muito”, elogiou a artista, que finalizou explicando como ficou a relação com Fábio após o término:

“A gente já perdeu o contato há muito tempo, mas sou uma grande admiradora da trajetória do Fábio. Ele foi um guerreiro. Com tudo o que ele passou na vida, ele está bem, acabou de ter uma filha. É um grande ator. A gente tem que aplaudir. Nunca namorei ator, só ele“.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Renan Ferreira
Renan Ferreira, 21 anos, é estudante de Jornalismo e repórter do RD1. Também já escreveu para outros sites sobre entretenimento e pode ser encontrado nas redes sociais no @eurenanferreira.
Veja mais ›