Daniel insinua que edição do BBB 2020 causou sua rejeição no jogo

Daniel
Daniel foi eliminado do BBB 2020 (Imagem: Reprodução / Globo)

Um dos participantes mais rejeitados nas votações do BBB 2020, Daniel se pronunciou pela primeira vez sobre o assunto, em entrevista ao portal UOL, e insinuou que a edição do programa teria uma parcela de culpa na sua rejeição.

Ele foi escolhido com mais votos pelo público para entrar no programa, juntamente com Ivy, após ficar confinado na casa de vidro, mas seu jeito atrapalhado acabou incomodando muita gente aqui fora.

Sobre isso, ele refletiu: “Fiquei um pouco chateado. Não nego que errei em algumas atitudes lá dentro. Mas fiquei triste em saber que só mostraram meu lado desatento. A pessoa por quem a Marcela se apaixonou não foi mostrada ao público”.

“Eu não tenho como explicar o quanto conhecer a Marcela foi importante na minha vida, em relação a muita coisa. Não é só amor, é uma conexão e uma energia que vai além de tudo”, revelou.

“Quando saí da casa, percebi mais ainda o quanto ela faz falta e o quanto ela é importante para mim. Infelizmente, algumas pessoas não gostando de mim podem também ter passado a não gostar dela”, disparou o ex-participante.

“Mas, apesar de sermos um casal, isso nunca deveria acontecer. Cada pessoa, inclusive aqui fora, tem e faz a sua própria história”, disse ele, que revelou: “Eu sempre quis participar dessa experiência”.

“Fiquei triste com algumas coisas que aconteceram aqui fora. Mas a alegria sempre é maior. E eu acreditando em conexões, em pessoas, em um mundo que vai muito além de um jogo, talvez eu tenha entrado para justamente conhecer a pessoa que pode mudar a minha vida de uma forma que eu nunca tinha imaginado”, afirmou.

“No meu pensamento, se a gente passar por qualquer experiência na nossa vida, qualquer, seja ruim ou boa, se conhecermos ao menos uma, duas ou três pessoas de verdade, tudo já vai ter valido a pena”, prosseguiu

“Eu poderia ter me concentrado mais e ter tido mais atenção em relação às punições. Eu serei sempre eu. Verdadeiro e transmitindo amor para todos ao meu redor. Estou procurando melhorar na questão da minha desatenção”, disse ainda.

Sobre sua bissexualidade, assumida após a sua saída, ele revelou: “Em pleno século 21, isso não deveria nem estar sendo mais discutido. É uma pena que ainda exista muito preconceito em relação a isso”.

“O sexo não importa e nunca deve importar. O sentimento, a atração e o amor que tu sente é pelo ser humano que existe e não pelo gênero”, declarou.

Aqui fora, ele disse que já conversou com Pyong e contou como foi. “Já conversamos um pouco. A Sammy me deu um apoio também e fiquei muito grato. São pessoas incríveis”.

E quanto ao irmão gêmeo, Tadeu, revelou: “Somos muito amigos, apesar de não convivermos tanto, pois cada um tem seu canto. Trabalhávamos juntos às vezes também, como modelos”.

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WordPress Lightbox