Datena fica preocupado após perder contato com repórter da Band na Ucrânia

Datena
Datena mostra preocupação com repórter da Band na Ucrânia (Imagem: Reprodução / Band)

José Luiz Datena demonstrou um clima tenso no Brasil Urgente, da Band, ao tentar falar com correspondente da emissora que está cobrindo os ataques russos na Ucrânia. Nesta terça-feira (15), o famoso tentou ligar para o repórter Yan Boechat, mas não conseguiu.

“O telefone está operando. Está recebendo mensagens, mas não está respondendo. A pessoa que está fugindo de ataques russos não pode ficar parado para atender telefone, eu imagino. Também pode estar apenas carregando o aparelho”, declarou o apresentador, que elogiou o trabalho do jornalista.

Após torcer pela segurança de Yan Boechat, o comunicador ressaltou que não estava sendo “sensacionalista” ao trazer o assunto. Ele ainda destacou que Yan ser um “repórter experiente”, que sabe como agir em um ambiente de guerra.

Veja Também

“Uma vez eu chamei ele de corajoso aqui no programa. Ele respondeu dizendo que existe um limite. Caso a segurança seja ameaçada, ele garante que deixa o local”, reforçou o jornalista.

André Basbaum, chefe de redação da Band, também entrou ao vivo no Brasil Urgente para comentar o assunto abordado por Datena. Ele contou que a última conversa com Yan Boechat ocorreu entre 11h00 e 12h00.

“Acreditamos que em breve ele fará em contato. Yan está deixando Kiev e vai para outra cidade na fronteira com a Polônia. Nós sempre falamos com ele para verificar se ele precisa de algo”, explicou o chefão.

Datena confirma candidatura ao Senado

José Luiz Datena definiu o seu objetivo nas eleições deste ano. O apresentador decidiu nesta segunda-feira (14) que será candidato ao Senado na chapa do vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB).

Com a decisão, o famoso deixa de lado as investidas do presidente Jair Bolsonaro (PL), do ministro Tarcísio Gomes (Infraestrutura), do presidente do PSD, Gilberto Kassab, e do presidenciável Ciro Gomes (PDT).

À Folha de S. Paulo, o jornalista declarou: “Recebi vários convites, fiquei lisonjeado com todos eles. Sou um crítico do governo Bolsonaro, e o Tarcísio me convidou para ser senador. Sou crítico do governo Doria, e o Rodrigo me convidou também. Se as pessoas que eu critico me convidaram, é porque estou fazendo algo certo, estou do lado do povo”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br
Veja mais ›