Datena lamenta mortes por Covid-19 e desafia Bolsonaro e ministro da Saúde

Datena
José Luiz Datena à frente do Brasil Urgente desta quarta-feira (24); jornalista detonou método do Ministério da Saúde para contagem de mortos por Covid-19 (Imagem: Reprodução / Band)

Aliado de primeira hora do governo Jair Bolsonaro, José Luiz Datena abriu fogo contra a política de combate à Covid-19, a deficitária campanha de vacinação e o crescente número de mortos. Durante o Brasil Urgente desta quarta-feira (24), na Band, Datena detonou o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, por conta do novo método adotado para contagem de vítimas do coronavírus.

Já tem a quarta onda nos Estados Unidos. Imagino aqui, que nós fizemos tudo errado, já morreram mais de 300 mil pessoas. Quantas vão morrer mais? Agora vai morrer menos porque esse ministro da Saúde mudou o jeito de aferir. Ontem morreram 1251 pessoas em São Paulo e hoje morreram 281 pessoas”, disparou o jornalista.

A mudança na contagem do Ministério da Saúde passou a exigir mais dados para cadastro de vítimas. Logo, o índice de mortos não mudou. O sistema, apenas, ficou sobrecarregado, demorando a processar as novas informações.

Datena prosseguiu, desafiando Queiroga e Bolsonaro: “O ministro resolveu tudo. Ele arrumou ele mesmo 1 milhão de doses de vacina por dia, que é mentira e agora está fazendo a conta diferente para não aparecer o número de mortos que nós temos de verdade no Brasil. E se ele quiser me desmentir, pode entrar aqui. O presidente também, se quiser, pode entrar também”.

O desabafo do apresentador incluiu ainda uma resposta às críticas do governo federal sobre o trabalho da imprensa. “É fácil falar que a imprensa mente. Agora, mentir dentro do governo, aí é duro, não dá pra aguentar. Tem gente morrendo aos borbotões”, lamentou.

Cabe lembrar que, em ocasiões anteriores, José Luiz Datena minimizou as equivocadas ações de Jair Bolsonaro quanto à pandemia.

As críticas subiram de tom nos últimos dias, quando o Brasil Urgente passou a focalizar a prestação de serviço – abrindo vantagem na audiência sobre Record e SBT. Além de chorar a morte do senador Major Olímpio (PSL), Datena questionou a demora na compra e distribuição de imunizantes.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›