Datena surge com peruca e imita Donald Trump em programa ao vivo

Datena
Datena imitou Donald Trump no Brasil Urgente (Imagem: Reprodução/ Band)

José Luiz Datena surgiu bem diferente no Brasil Urgente, da Band, nesta segunda-feira (15). O apresentador vestiu uma peruca que imita o cabelo de Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos.

O jornalista acusou o republicano, que deixou o cargo em janeiro, de ser o pior presidente da história do país. A brincadeira e o comentário surgiram após ele citar que os números da pandemia nos EUA passaram a cair desde que Joe Biden assumiu a presidência.

“Também não é grande coisa o Biden reverter as coisas porque o Trump foi o pior presidente que os EUA já tiveram na história. Nunca vai ter um cara tão ter um cara tão ruim, tão lamentável, tão negacionista, tão racista como foi o Trump”, afirmou o comunicador.

O apresentador da Band acusou Donald Trump de alimentar o ódio no país e defender teorias que contrariam a ciência desde o começo do mandato.

Durante a análise, Eduardo Barão e Felipe Kieling participavam do programa policial por meio de videoconferência. Datena, então, pegou uma peruca loira e colocou-a na cabeça. “O Barão me sacaneou e me mandou a peruca do Trump”, disse ele, garantindo os risos dos colegas.

No último sábado (13), o famoso ficou furioso ao ver que uma equipe do Brasil Urgente foi impedida de entrar no Hospital do Tatuapé. Ele soltou o verbo ao vivo.

No noticiário, o jornalista se mostrou irritado com os seguranças do hospital administrado pela prefeitura de São Paulo, que se posicionaram quando o repórter, Marcelo Moreira, e o operador de câmera começaram a se aproximar da entrada da unidade hospitalar.

Datena detonou a atitude dos seguranças para impedir que o jornalista mostrasse a situação dentro do hospital. O apresentador, então, chamou a polícia e em seguida se posicionou sobre o assunto.

“Eu agradeço a Polícia Militar que foi lá pra, pelo menos, tentar garantir o nosso direito de liberdade de expressão (imprensa) de só mostrar a fachada do hospital, pra ver se tem ambulância do lado de dentro, porque fora do hospital do Tatuapé tem fila de ambulâncias”, afirmou o jornalista.

“Geralmente nessas ambulâncias têm pessoas esperando atendimento ou para serem transferidas para outro hospital porque o Tatuapé está lotado”, disse o apresentador da Band.

Fábio AlmeidaFábio Almeida
Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›