Silvio Santos
Silvio Santos vira alvo de deputado após polêmica (Imagem: Divulgação / SBT)

O codeputado estadual Jesus dos Santos, membro da Bancada Ativista, recuperou o quadro em que Silvio Santos foi acusado de racismo por parte da web. O parlamentar protocolou na última sexta-feira (13) uma representação na Justiça do Estado de São Paulo contra o dono do SBT.

De acordo com a revista Carta Capital, o político acusa Silvio Santos de racismo por causa da atitude do comunicador, que, de última hora, mudou as regras de um quadro chamado Quem Você Tira?, no qual cantoras competiam pela preferência da plateia interpretando a mesma música.

No programa do último dia 8, Silvio desconsiderou a votação, que deu uma vitória esmagadora para Jennyfer Oliver. Na representação, Jesus afirmou que Silvio mostrou descontentamento com a vitória da participante, a única negra na competição.

Ele entendeu que a conduta pode ser tipificada no artigo 20 da Lei 7.716/89, que considera preconceito de raça ou cor: praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. A Lei ainda prevê como pena reclusão de um a três anos e multa.

Em sua manifestação, Jesus dos Santos recorreu ao artigo 5º da Constituição Federal que considera a prática do racismo crime inafiançável e imprescritível.

A representação deu ênfase a outros três episódios. Em 2014, no Teleton, quando a atriz Julia Olliver, a Pata da novela Chiquititas, disse que seguiria a carreira de atriz e ele a questionou: “Mas com esse cabelo?”; em abril de 2016, quando Silvio perguntou a uma menina com cabelo black power se ela estava se sentindo bem com ele; e no mesmo ano, na maratona da solidariedade, quando entrevistou uma dançarina negra.

O político refletiu sobre ocorrido e falou da necessidade em vencer “uma forte política de embranquecimento que resultou na construção das periferias desse país, resultando a essas pessoas uma condição social de miserabilidade. Acompanhada deste contexto, a inferiorização destes povos por meio da inferiorização dos seus potenciais, do seu conhecimento, da sua cultura, e da sua estética, culminou numa série de fatores que corrobora com o processo de segregação racial e discriminação e colocando estas e estes sujeitos em um grau de inferioridade”.

Confira a representação em que o parlamentar resgata o ocorrido no programa:

“Jennyfer Oliver foi a última a se apresentar e a única das quatro competidoras que teve a interpretação interrompida pelo argumento do apresentador dizendo que a música era muito chata. Mesmo assim, o público a escolheu como a melhor interpretação: recebeu 84 votos, contra 8, 5 e 3 das demais competidoras. Ainda assim, Silvio Santos mostrou descontentamento com a vitória larga de Jennyfer Oliver, a única negra na competição. Logo após, ignorou a escolha do público e disse: ‘Na minha opinião, a melhor intérprete de televisão é a Juliani. Você ganhou. Você é muito bonita, você canta bem e ganhou mais 500 reais'”.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA