Destaque de Um Lugar ao Sol, Ana Baird tem passado resgatado pelo Canal VIVA

Um Lugar ao Sol
Ana Baird, a Nicole de Um Lugar ao Sol, marca presença no Canal VIVA em participação no primeira versão da Globo para o Sítio do Picapau Amarelo (Imagem: Fabio Rocha / Globo)

Destaque de Um Lugar ao Sol, Ana Baird, a Nicole, poderá ser vista no Canal VIVA a partir da próxima segunda-feira (24) em um outro momento de sua carreira. Aos 9 anos, Ana marcou presença em Quem Quiser que Conte Outra, episódio do Sítio do Picapau Amarelo que o VIVA resgata às 10h30 – com reapresentação às 5h e em esquema de maratona aos domingos, às 8h.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Filha do ator Antônio Pedro, Ana iniciou as atividades como atriz ainda na infância. Em Quem Quiser que Conte Outra, ela interpreta Maria, da clássica fábula João e Maria, uma das histórias contadas por Tia Nastácia (Jacyra Sampaio). Em 1982, Baird voltou ao vídeo – assinando Ana Madalena – em Final Feliz, novela de Ivani Ribeiro na qual interpretou Patty, garotinha mimada que se opunha ao casamento do pai.

Ana Baird esteve também em O Sexo dos Anjos (1989). Em seguida, voltou-se para o teatro e a música. Após participações em séries, ela atendeu ao convite do diretor artístico Maurício Farias para Um Lugar ao Sol. Na trama de Lícia Manzo, Nicole não aceita o próprio corpo.

publicidade

Veja Também

No momento, a personagem, que passou anos descontando na comida a falta de afeto do pai, Santiago (José de Abreu), lida com a coach de emagrecimento Helena (Cláudia Mauro), ex-mulher de Paco (Otávio Müller). Este, coincidentemente, é o namorado de Nicola que lida bem com a balança.

Vem aí

Reis
Eduardo Lassah (Aléu) nos bastidores de Reis; nova novela da Record estreia em 22 de fevereiro (Imagem: Divulgação)

As gravações de Reis, próximo folhetim bíblico da Record, estão a todo vapor. Intérprete de Aléu, Eduardo Lassah compartilhou o registro do bastidor com a coluna. No enredo assinado por Raphaela Castro, Aléu enfrenta dificuldades com as terras que recebeu de herança após as muitas mudanças no governo de Israel.

Lassah já participou de outras produções da Record. “É um lugar onde sou muito bem acolhido e amo trabalhar”. A estreia de Reis está prevista para 22 de fevereiro. Marcos Ferraz, Méuri Luiza e Rodrigo Ribeiro colaboram com o texto; Juan Pablo Pires responde pela direção geral.

publicidade

Destaque na TV paga

Lembram-se de Yves Dumont, autor de Louca Paixão (1999), na Record, e Maria Esperança (2007), do SBT? Pois ele segue em atividade, junto JPO Produções e da Sony Pictures. Yves assina o roteiro de Em Nome da Justiça, série apresentada pela criminóloga, roteirista e escritora Ilana Casoy.

A atração está de volta à tela do AXN a partir deste sábado (22), 23h05. Serão 13 episódios, com a análise de Ilana sobre equívocos cometidos pela polícia e/ou pela justiça que resultaram na condenação de inocentes. Na estreia, o Caso Alexandre, a quem foi imputada a culpa por oito ocorrências de estupro.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.