Diego Raymond, o Mister M, assina com a Globo para série do Globoplay

Diego Raymond
Diego Raymond fecha com o Globoplay para nova série (Imagem: Reprodução / Instagram)

Diego Raymond, conhecido no tráfico como Mister M, assinou com a Globo para O Jogo que Mudou a História e A Divisão, novas séries do Globoplay. Fora do sistema prisional há 11 anos, o ator gravou a nova produção da plataforma de streaming e defendeu seu trabalho.

publicidade

“É um sonho, uma experiência linda”, contou em entrevista à jornalista Patricia Kogut, do jornal O Globo. “No começo, eu relutei em aceitar. Acho que por vergonha e timidez, mas decidi ir e está sendo ótimo”, revelou. “As pessoas têm me elogiado bastante”, disse.

Diego ainda pediu mais trabalho. “Podem vir as próximas que eu estou pronto”, avisou. Raymond foi um dos destaques da ocupação do Complexo do Alemão, em 2010, e foi notícia depois que se entregou para a polícia. Ele ficou nove meses preso e saiu em 2011.

publicidade

Veja Também

“Sair do crime não é algo fácil, mas existe um caminho e eu quero mostrar isso para os outros. Eu costumo postar sobre as minhas vitórias nas redes sociais, mas eu não faço isso para tirar onda”, rechaçou.

“Eu posto justamente para mostrar para aqueles que ainda estão lá que há uma luz no fim do túnel. Quero ser uma prova de que bandido bom não é bandido morto. As pessoas precisam de oportunidades”, defendeu o famoso.

Diego Raymond expõe convite de autor de série da Globo

José Junior, autor e criador das duas produções, foi quem chamou Diego para o trabalho. “Quando eu me entreguei para a polícia, o José Júnior foi até a delegacia e me perguntou se eu estava disposto a recomeçar a minha vida e, que se eu tivesse, já teria um emprego com carteira assinada ao sair da cadeia”, expôs.

Diego Raymond foi libertado, passou a trabalhar no Afroreggae e fez vários cursos. Depois, se tornou cinegrafista e passou a conhecer mais sobre o mundo do audiovisual. “Quero dar uma educação boa para os meus filhos, para que eles nem pensem em chegar perto do crime”, desabafou.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Para a produção, o Globoplay contratou 239 atores e atrizes selecionados. 40% são novatos, totalizando 96 artistas, e pelo menos 15 deles passaram pelo sistema prisional. Um núcleo é de atores e atrizes novatos oriundos das favelas do Rio de Janeiro. O segundo é de policiais. O terceiro é de ex-presos.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Da RedaçãoDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.