Eduardo Bolsonaro diz que Globo vive crise após decisão do presidente

Eduardo Bolsonaro
Eduardo Bolsonaro voltou a debochar da situação da Globo (Imagem: Reprodução – Agência Brasil – Globo / Montagem – RD1)

A Globo é considerada a “inimiga nº 1” do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desde o início do mandato e costuma receber críticas de apoiadores do político. Nesta quarta-feira (6), um dos filhos do chefe do Executivo, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), ironizou uma suposta crise da emissora.

Em seu Twitter, o deputado federal afirmou que o canal sofre um momento delicado financeiro que “parece não ter fim”. O político apontou que a culpa para que isso esteja acontecendo é a falta de verbas que a Globo recebe do Governo Bolsonaro.

“Depois que o dinheiro público secou, a crise na Globo parece não ter fim. Agora, segundo a imprensa especializada, o próximo passo será a demissão de milhares de profissionais”, disparou Eduardo Bolsonaro.

O deputado federal ainda ironizou a situação: “Lamento muito pelos empregos, mas fica a lição: valeu a pena depender de dinheiro governamental?”.

Ainda na publicação, Eduardo postou uma montagem que seria baseada em uma notícia, cuja a fonte não foi revelada por ele. No título, ele escreveu: “Crise sem fim: Globo planeja demitir milhares de funcionários”.

“Segundo a mídia especializada, a emissora demitirá todos os funcionários de seu departamento operacional, como cinegrafistas e editores. O plano é extinguir o famoso padrão de qualidade e terceirizar o setor para cortar os custos”, completou o texto divulgado pelo político.

O RD1 procurou a Comunicação da Globo, que ainda não se posicionou sobre o assunto apontado pelo filho do presidente da República.

Na semana passada, Eduardo Bolsonaro já havia debochado da notícia de que a emissora teve uma queda brusca em seus lucros no primeiro semestre deste ano. Em rede social, o deputado comemorou e afirmou que a responsabilidade disso é do Governo Bolsonaro.

“Relatório da própria emissora mostra queda de R$ 814 milhões no lucro da Globo nos primeiros seis meses de 2021. No último semestre, a empresa teve prejuízo de R$ 114 milhões”, declarou o político.

O deputado federal ainda disparou: “É isso que acontece quando se fecha a torneira de dinheiro público…”. Ele fez referência ao fato de que a Globo é considerada a “inimiga nº 1” do presidente da República.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›