Eliana lamenta 500 mil mortos pela Covid-19 e evita falar de política

Eliana
Eliana lamenta 500 mil mortos pela Covid-19 e evita falar de política (Imagem: Reprodução / Instagram)

Neste sábado (19), o Brasil chegou à marca assustadora de 500 mil mortos pelo novo coronavírus, o que virou assunto nos noticiários e também entre os internautas. Eliana lamentou pelo estado crítico da saúde no Brasil e se esquivou de assumir algum posicionamento político.

A apresentadora começou falando sobre o sucesso de seu programa no SBT e que lembrar dos brasileiros que perderam a vida para a Covid-19 a impediu de qualquer comemoração:

Hoje ia comemorar a nossa audiência mas não será possível. Quero falar sobre esta imagem: não são números, são pais, mães, filhos, avós, famílias que foram destruídas por decisões tardias, falta de vacina e estrutura. Dói saber que parte destas pessoas ainda poderiam estar aqui conosco mas infelizmente foram arrancadas de seus lares pra nunca mais voltar”.

Na sequência da legenda essa publicação do Instagram, feita no domingo (20), Eliana prestou seu luto pelas famílias devastadas com o alastramento desse vírus perigosíssimo e passou uma mensagem conscientizadora:

“Sinto muito pelas perdas de amigos, pessoas próximas, de gente que não conheço mas sofro e lamento. Agora é rezar para que todos possam se vacinar o quanto antes para que vidas sejam preservadas. Usem máscara, por favor! Vacina sim! Empatia! Amor ao próximo! Responsabilidade”.

O cantor Junno Andrade reagiu com emojis de aplausos, enquanto Tirullipa e Sandra de Sá dispararam emojis de coração. Um seguidor atentou também da irresponsabilidade de parte da população: “E o povo continua fazendo festinha, são João, churrasco e afins. Todo mundo tem sua parcelinha de culpa nisso aí”.

Uma fã da loira salientou a culpa política nesse cenário atual: “E se as pessoas não começarem a ser conscientes, haverá muito mais mortes, infelizmente. Incluindo a falta de consciência de prefeitos e governadores por desvio de dinheiro enviado pelo Governo Federal”.

Confira:

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›