Segunda Chamada
Débora Bloch (Lúcia) em Segunda Chamada; série estreia com baixa audiência (Imagem: Maurício Fidalgo / Globo)

O primeiro episódio de Segunda Chamada, série de Carla Faour e Júlia Spadaccini, rendeu inúmeros elogios à Globo na web. A audiência, contudo, não acompanhou a repercussão. A produção, alocada na segunda linha de shows, foi antecedida por Filhos da Pátria; a nova temporada começou com recorde para o projeto de Bruno Mazzeo. Os dados são referentes a Grande São Paulo.

A estreia de Segunda Chamada, nesta terça-feira (8), rendeu apenas 11,8 pontos. Embora “tímido”, o número é similar ao consolidado por Carcereiros, em sua estadia no mesmo dia e mesmo horário – 11,5 pontos, em 16 de abril deste ano.

Já Filhos da Pátria, com o auxílio de A Dona do Pedaço (39,7), garantiu 20,9 pontos; audiência superior à toda primeira leva de episódios, no ar de setembro a dezembro de 2017, também às terças, mas na linha que hoje abriga Segunda Chamada.

A reestreia de ‘Filhos’, porém, superou apenas um dos episódios de Cine Holliúdy, programa veiculado no mesmo dia e mesmo horário, de maio a julho – o de 21 de maio, com 20,2 pontos.

As atrações exibidas na sequência das duas séries consolidaram números relativamente baixos: 8,3 para o Jornal da Globo, 5,8 do Conversa com Bial, 4,2 com a volta da série Flash, 3,9 para o Corujão apresentando Taxi Driver – Motorista de Táxi (1976) e 4,6 do Hora Um.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos