Elza Soares implora por atitude da Anvisa para liberação de medicamento

Elza Soares
Elza Soares solta o verbo contra a Anvisa (Imagem: Reprodução / Instagram)

Elza Soares, de 84 anos, usou o seu perfil do Twitter para implorar por ajuda dos seus admiradores para chamar a atenção da Anvisa. Isso porque a cantora afirmou que precisa da liberação de um medicamento, mas que ainda não recebeu respostas sobre a aprovação.

“Gente, me ajudem com um Twittaço?! Eu já não sei mais o que fazer, então peço ajuda de vocês para que minha indignação chegue até alguém da Anvisa. Preciso de uma medicação que eles têm que liberar. É uma questão de saúde, gente”, desabafou a veterana.

Elza Soares ainda declarou: “No dia 6 de setembro demos entrada no pedido de liberação, pediram de 5 a 15 dias úteis para responderem. Hoje, dia 28, essa resposta já está atrasada, ou seja, 23 dias depois não tenho resposta. Não quero tratamento privilegiado. Sou uma pessoa como todas as outras”.

A artista também explicou que chegou a ligar para fazer uma reclamação: “A atendente me pediu mais 5 dias úteis para ainda analisar minha reclamação. Tô com o número desse protocolo aqui. Nós, brasileiras e brasileiros pagamos em dia os nossos impostos”.

Ela disse que chegou a questionar o fato de não ter tido um tratamento mais respeitoso. “Eu imagino que a instituição esteja esgotada de tanto trabalho, principalmente em tempos tão difíceis, mas saúde não espera. O desabafo é respeitoso, preciso realmente desse medicamento“, contou.

“Vamos fazer esse Twitter chegar em quem pode ajudar, vamos? Peço ajuda, também, dos amigos jornalistas que possam fazer essa mensagem chegar até eles”, finalizou ela no Twitter.

Na semana passada, Elza, que costuma ser muito ativa ao falar de política, detonou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ganhou o apoio dos seguidores.

Ela alfinetou o chefe de Estado por posar nas ruas de Nova York comendo pizza e também os “luxos” que seus coligados têm feito durante essa viagem, cobrando mais transparência desses gastos:

“Ei, psiu, somos sócios da empresa chamada Brasil, sabia? Pois é! Os altos impostos que pagamos bancam viagens luxuosas, hotéis, avião e até pizza em dólar nas ruas de NY. Uma fortuna pra passar vergonha perante o mundo. Queiram ou não, somos patroas e patrões deles. Vamos cobrar”.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›