Cidade Alerta
Luiz Bacci apresenta o Cidade Alerta; jornalístico perde vice-liderança para o SBT (Imagem: Divulgação / Record)

Pedra no sapato da Globo até o início deste ano – enquanto concorria com a novela Espelho da Vida –, o Cidade Alerta vem apresentando tendência de queda na audiência. O desempenho abaixo do habitual fez o SBT colar na Record; nesta quinta-feira (31), de acordo com dados obtidos na Grande São Paulo, a mexicana A Que Não Podia Amar chegou a derrotar o jornalístico de Luiz Bacci.

No ar das 16h52 às 19h55, o Cidade Alerta marcou 8,1 pontos, 11 de pico e 14% de participação no número de televisores ligados (share); neste período, 7 de média para o principal concorrente. No confronto com A Que Não Podia Amar, 7,4 para o SBT versus 7,1 da Record.

Cabe lembrar que o canal de Edir Macedo também ficou em terceiro com Balanço Geral Manhã (2,6), São Paulo no Ar (4,3), Fala Brasil (4,1), Hoje em Dia (4,8) e a primeira edição do JR – 24 Horas (4,6).

O Balanço Geral cravou a vice: 8 pontos, 11 de pico e 19% de participação no número de televisores ligados (share); das 11h51 às 15h16, 7 para o terceiro colocado. Com o quadro A Hora da Venenosa, o noticiário de Geraldo Luís chegou à primeira posição no ranking de audiência das emissoras de TV aberta: 10 para Fabíola Reipert e Renato Lombardi frente 9 do Se Joga, entre 14h24 e 15h16.

A quarta reapresentação de A Escrava Isaura (2004) manteve o segundo lugar com dificuldade: 6,2 pontos, 9 de pico e 15% de share, das 15h16 às 16h03, contra 6,1 do Fofocalizando.

Depois, atrás do SBT, Caminhos do Coração (de 2007, 5 pontos), as duas edições vespertinas do JR – 24 Horas (4,9 e 6,3), Topíssima (6,7), O Rico e Lázaro (5,6), Jornal da Record (4), A Fazenda 2019 (9), Chicago Fire – Heróis Contra o Fogo (4,3) e JR – 24 Horas da madrugada (2,3).

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos