Em guerra com ex, Carlinhos Mendigo diz que “entende” o goleiro Bruno

Carlinhos Mendigo
Carlinhos Mendigo diz que entende ação de goleiro Bruno (Imagem: Reprodução / RedeTV!)

Carlinhos Mendigo causou polêmica durante sua participação no Superpop na última segunda-feira (18) e confirmou uma notícia veiculada em janeiro. No Instagram, o famoso surpreendeu e disse que “entende o goleiro Bruno”. O ex-jogador do Flamengo foi apontado como o mandante da morte da modelo Eliza Samudio, em 2010.

“Eu entendo o cara! Eu entendo o cara! O cara chegou em um nível de loucura…”, defendeu o humorista, que olhou para Luciana Gimenez e perguntou: “Você já brigou com o namorado, já estourou com um cara, já jogou um copo?”. Com a negativa de todos no palco, Carlinhos esbravejou: “Ah, só tem santo aqui! Só tem santo! Eu entendo o cara!”, reafirmou, criticando a ex-primeira-dama da RedeTV!.

“Quando o cara chegou naquele limite… Eu não estou em momento algum, prestem atenção vocês, em momento algum eu falei: ‘Eu aprovo o que esse cara fez. Tá certo o goleiro Bruno’. Pelo contrário, isso é satânico! É um crime! Ele tinha que estar preso até hoje, não sei nem o porquê está solto. Só porque aqui é Brasil. Ele e mais uma corja toda que vocês sabem o nome aí”, disse.

“Eu não sou a favor, mas eu entendo. Isso se chama você se colocar no lugar do outro. Você não é obrigado a concordar com a pessoa. Você entende e sai fora”, discursou. A apresentadora interrompeu e questionou: “Calma lá, o que você entende dele?”.

Mendigo se explicou com base em sua história: “Vou pegar o contexto da minha história para chegar nesse tipo de pensamento. Eu estou há oito anos sem ver meu filho. Eu moro sozinho, cheio de problema, a imprensa só pau o tempo inteiro. Chegou nesse momento, você fala: ‘Cara, ou eu faço uma merda…'”.

“O que você faz da vida? Você acabou de perder o emprego, seu filho você não vê, a imprensa te arregaçando e te humilhando…”, acusou novamente. “Eu, Carlinhos, entendo o goleiro Bruno e qualquer assassino que já tenha matado alguém, eu entendo, porém eu discordo”, declarou.

“Para terminar esse assunto, eu entendo que você possa ter pensado isso, mas porque escrever?”, perguntou Luciana. “Porque escrever que o filho não vê o pai não dá audiência, ninguém fala. Eu tenho 30 boletins [boletim de ocorrência]. Não dá uma manchete”. “Acha que isso adianta?”, indagou Gimenez. “Não é para adiantar nada. É para o meu ego”, rebateu Carlinhos Mendigo.

Confira:

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

WordPress Lightbox