Em homenagem a Roberto Carlos, Galvão Bueno solta a voz no SporTV

Galvão Bueno
Galvão Bueno faz homenagem ao vivo a Roberto Carlos no SporTV (Imagem: Reprodução / SporTV)

Galvão Bueno começou o Bem, Amigos! da última segunda-feira (19), além de emocionado por sua continuidade na TV após a segunda dose da vacina contra a Covid-19, bastante feliz com o aniversário de 80 anos do cantor Roberto Carlos. Ao vivo, ele homenageou o amigo cantando Emoções.

“Hoje é dia de celebrar, sim, o aniversário de um cara muito importante. Um cara com uma história maravilhosa. Uma idade linda para um cara absolutamente maravilhoso. É claro que estou falando de Roberto Carlos”, começou o narrador da Globo.

“Me perguntaram várias vezes o que seria Roberto Carlos para o Brasil, eu digo: ‘o mínimo que posso dizer é que é o nosso Frank Sinatra’. É nosso, é único, é o melhor, e será eterno”, garantiu o veterano das transmissões.

Galvão Bueno recordou o mês de julho do ano passado, quando fez 70 anos de idade. No dia da data especial, ele recebeu uma ligação surpresa do rei.

“Quando fiz 70 anos em julho, uma das que mais me emocionou foi uma ligação de dele, e o papo que nós batemos. Hoje fiz questão de retribuir. (…) Eu perdi as contas de quantos shows eu fui de Roberto Carlos”, emocionou.

O global aproveitou o programa ao vivo no SporTV, canal de esportes da Globo, e se declarou para o amigo com direito a música. “Ele mora aqui (no coração), e sabe disso. Assim que ele pisar no palco de novo, eu e minha mulher estaremos na primeira fila”, disse. “Desculpe eu cantar assim tão mal, mas o significado disso é muito importante”, completou.

Galvão Bueno voltou ao ar após 14 meses isolado em sua casa em Londrina, no Paraná. Ele tomou as duas doses da vacina contra a Covid-19 e marcou presença na fina da Supercopa do Brasil. De lá para cá, ele retomou os trabalhos no comando do Bem, Amigos!, o seu programa no SporTV.

Em um desabafo no Instagram, ele recordou uma projeção que fez sobre a Covid-19 no Brasil. “Me lembro que, lá no início, usei minhas redes sociais e emissões ao vivo na televisão para dizer que tinha certeza de que a pandemia tinha sido trazida pelas elites, por pessoas que voltavam de viagens ao exterior e que estava angustiado por ter certeza que um dia essa tempestade atingiria os menos favorecidos, as favelas, a profunda pobreza”, disse.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›