Em livro, Luciano Huck relata aprendizados após irmão revelar ser gay

Luciano Huck
Luciano Huck falou abertamente sobre a sexualidade do irmão Fernando Grostein (Imagem: Reprodução / Instagram)

O apresentador Luciano Huck lança no próximo dia 20 o livro De Porta em Porta. No novo projeto, o global abre o coração e fala sobre o processo de aceitação do irmão, Fernando Grostein, na época que ele assumiu para a família que era gay.

Luciano dedica um capítulo inteiro na obra sobre o assunto, detalhando que a revelação foi feita pelo cineasta durante um jantar com a família. No último fim de semana, durante o quadro Tem ou Não Tem, o apresentador chegou a desabafar sobre o assunto à família Fernandes, que tinha um casal lésbico disputando o prêmio:

O apresentador questionou a matriarca da família sobre o relacionamento da filha e teve a seguinte resposta: “Foi um processo, mas a gente tem muito claro que o amor prevalece entre nós. Esse processo superou tudo, todas as barreiras. A gente ama e estamos aqui no seu programa para dizer o quanto as famílias podem amar os seus filhos do jeito que eles são”.

Foi então que Huck citou o irmão Fernando, lembrando como a família lida atualmente com a sexualidade do jovem: “Você lembra a minha mãe falando. A gente em casa passou pelo mesmo processo. Meu irmão está casado com o Fe [Fernando Siqueira], que é ótimo e que a gente ama de paixão”.

O famoso encheu o peito para falar do orgulho que tem do irmão e como a experiência foi positiva para ele e seus parentes: “Foi um processo de aprendizado para todos e hoje eu tenho muito orgulho do meu irmão, do que ele fez a gente amadurecer, aprender, entender, aceitar. E poder falar isso na televisão de peito aberto, e imagino o que vocês estão sentindo agora, porque sei o quanto é importante esse acolhimento da família”.

Outro ponto tocado por Luciano Huck foi a importância desse tipo de discurso na TV: “Tenho certeza que quando a gente fala isso na televisão, apesar dos preconceituosos de plantão, dos negacionistas, de tudo que a gente vive hoje em dia, dessa raiva toda que muitas vezes se manifesta de maneira tão covarde (…), tenho certeza que várias famílias entendem que você pode amar, deve respeitar”.

Tem que aceitar, que deve acolher, enxergar com olhos sem nenhum julgamento. O amor supera qualquer coisa. A cada geração, a maneira de enxergar essas relações afetivas vai ficando cada vez mais desmistificada, cada vez mais normal”, concluiu o substituto de Fausto Silva.

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›