Emiliano D’Avila aponta falta de caráter em “isentões” e é ovacionado na web

Emiliano a'Avila
Emiliano D’Avila aponta falta de caráter em “isentões” e é ovacionado na web (Imagem: Reprodução / Instagram)

Emiliano D’Avila usou as redes sociais na última quinta-feira (03) para criticar aqueles que se mantêm isentos diante a atual situação política do Brasil.

“Em defesa dos isentões. Afinal, ninguém é obrigado a ter caráter. RESSALTANDO: Quando falo de não ter caráter não me refiro necessariamente a má índole, mas a um traço de personalidade indefinido”, iniciou o contratado do Multishow.

“O curioso é que muitos dos que agora reivindicam seu direito à isenção, não foram isentos em outros momentos. Seria uma isenção seletiva? Ou essa suposta isenção de agora seria mais um forma sutil de expressar sua posição?”, acrescentou.

A postagem, em questão de minutos, recebeu dezenas de comentários. Ainda bem que estou seguindo as pessoas certas. Esses que se posicionam contra esse governo ridículo é que são verdadeiros influenciadores”, elogiou uma fã.

A ciência agora é delírio comunista“, reagiu outra, alfinetando Ju Paes.Guardem o nome e o rosto dos que se isentam! Quem se cala perante à barbárie é cúmplice! Merece todo o desprezo!”, avisou mais uma.

Perfeito! Não da mais pra ficar em cima do muro, chega. Neutro é detergente”, completou uma quarta pessoa.

O desabafo por parte do ator, aparentemente, foi feito em resposta a um vídeo publicado por Juliana Paes nesta semana. Para quem está por fora, na filmagem ela surge se defendendo das acusações de que seria a favor do atual governo:

“Já falei publicamente sobre querer vacinas, mas eu não vou fazer isso todos os dias. Fui a primeira a pedir que as pessoas ficassem em casa. […] Não me sinto no direito de pedir para as pessoas ficaram sem trabalhar”.

“O mundo inteiro tá angustiado, tá desorientado. Aqui, no Brasil, o cenário se complica, porque todo e qualquer assunto é politizado. Eu não sou Bolsominion como o pessoal adora falar, quem não me conhece, tenho críticas severas a esse que nos governa, por outro lado não quero que governe o Brasil essa oposição que se insinua para o futuro. Então estou num ambiente onde não me sinto representada por ninguém”, afirmou ela.

“Eu não admito ser colocada em nenhum desses dois polos. Não quero contribuir para essa polarização doentia. Não nesse momento obscuro, onde o ódio reverbera mais. Ou você é isso ou é aquilo. Isso não existe. Somos múltiplos”, ressaltou ainda na ocasião.

Confira:

MAIS LIDAS

Álvaro Penerotti
Álvaro Penerotti sempre foi bastante engajado a tudo que envolve o mundo da TV e Famosos. Com intensa vivência na área de jornalismo e mídias sociais, já trabalhou em rádio e também em importantes veículos de comunicação na web. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @AlvaroPenerotti.
Veja mais ›