Envolvida com a política, Anitta opina sobre artistas que não se manifestam

Anitta
Anitta falou sobre a importância de estudar política (Imagem: Reprodução / Facebook)

Mostrando-se cada dia mais engajada no quesito política, Anitta nem sempre foi assim. Após ser criticada nas eleições de 2018 por demorar a expor sua opinião, a cantora defende hoje em dia que não é uma obrigação do artista se manifestar sobre o assunto.

Acho que as pessoas devem falar o que elas quiserem e se sentirem à vontade. A gente vive numa democracia. Eu prefiro falar só sobre algo que eu conheço e eu antes de falar, vou lá e estudo. E também não tenho vergonha de dizer quando não sei. Agora, por exemplo, eu tenho feito as aulas abertas de política porque senti essa necessidade”, explicou a funkeira, em entrevista à coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

As pessoas passaram a me cobrar um posicionamento e eu não sabia que era importante para as pessoas saberem a minha opinião. Um monte de pessoas me criticou porque eu demorei a me posicionar, mas era porque eu estava estudando. Mas eu acho que o artista tem que decidir por ele se fala ou não”, afirmou.

Quando questionada se os artistas evitam dar seu posicionamento temendo represálias, a artista disse: “Eu não posso responder pelos outros, mas realmente, o país dividido como está, quando você se posiciona, vai ter a metade que vai virar as costas para você. Nas minhas aulas, quando as pessoas vão falar comigo, eu até peço para não falar de partidos, não falar mal nem bem do Bolsonaro ou disso ou daquilo, para não tendenciar ninguém a nada. O importante é as pessoas saberem como funciona a política”.

Sobre a atual gestação do governo, Anitta teceu suas críticas: “O Executivo tem deixado muito a desejar. Está uma confusão! A gente não consegue entender esse troca-troca e a gente não vê uma coisa sendo feita, ainda não se resolveram como a coisa vai funcionar”.

“Está delicado, está complicadíssimo e por isso também que eu resolvi fazer essas aulas para as pessoas. Eu tive o ensino público e muitas pessoas que até tiveram o ensino particular vieram me contar que não tiveram aulas de política assim. E é a gente que vota, é a gente que escolhe quem está no poder e o brasileiro tem que aprender política“, afirmou.

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WordPress Lightbox