Éramos Seis: Afonso aproveita confusão e beija Lola

Éramos Seis
Em Éramos Seis, Afonso aproveita confusão e beija Lola (Imagens: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

Afonso (Tato Gabus Mendes), embora discreto, sempre deixou clara a sua paixão por Lola (Glória Pires) em Éramos Seis. Em meio a uma confusão, os dois acabam dando um passo a mais nesse flerte.

De acordo com Carla Bittencourt, do jornal Extra, a matriarca fica devastada ao descobrir a demissão de Alfredo (Nicolas Prattes), acusado de roubar peças do patrão. Carlos (Danilo Mesquita) vai até à oficina tirar a situação a limpo e descobre tudo.

O namorado de Inês (Carol Macedo) tem uma discussão acalorada com o irmão e os dois acabam chegando a se agredir, deixando até Clotilde (Simone Spoladore) — tia de ambos — desesperada. Julinho (André Luiz Frambach) separa a briga dos irmãos.

O namorado de Adelaide (Joana de Verona) também leva um puxão de orelha de Afonso, já que foi ele que o indicou ao emprego. No entanto, o pai de Inês traz o rebelde para casa, depois dele decidir dormir no banco da praça, por vergonha da situação que causou.

Depois de toda agonia, Lola agradece ao amigo, desabafa sobre a dificuldade de cuidar de filhos já crescidos. Afonso ativa seu lado afetuoso, é tomado pela paixão e beija sua pretendida pela primeira vez.

A mãe de Isabel (Giullia Buscacio) até retribui, mas logo em seguida se afasta, ainda chocada com o avanço. O dono do armazém revela que a ama há muito tempo e que não se arrepende do beijo. Sem palavras, Lola dispensa Afonso, mas sorri assim que ele sai de cena.

Alfredo tem o mesmo destino do pai em Éramos Seis

Quem assiste Éramos Seis, sabe que Alfredo (Nicolas Prattes) sempre renegou o pai, Julio (Antonio Calloni), por seu estilo de vida. Inesperadamente, o destino lhe reserva a mesma sina.

Julinho (André Luiz Frambach) aceita uma proposta de trabalho irrecusável e parte para o Rio de Janeiro. Assim sendo, o malandro precisa tomar jeito e assume o lugar do irmão na loja de tecidos de Assad (Werner Schünemann), a quem acusa de explorar sua família.

O namorado de Adelaide (Joana de Verona) chega nesse ponto depois de ser demitido por Osório (Nicola Siri). O dono da oficina descobre que o funcionário está roubando suas peças do estoque para revender ao mercado clandestino e, por isso, toma a decisão.

Depois de tomar uma surra de Carlos (Daniel Mesquita) e ser abandonado pela namorada, Alfredo se contenta em ficar com a vaga de Julinho no estabelecimento do pai de Soraya (Rayssa Brattilieri). “Eu já tinha falado com Almeida sobre isso, mas esse seu problema na oficina… Fiquei balançado“, diz o futuro viajante.

O desempregado pede que seu irmão o ajude nisso: “Julinho, eu sou seu irmão. Foi errado o que fiz, mas eu nunca faria nada desonesto na loja do seu Assad, onde nosso pai trabalhou a vida toda“. Na sequência, ele expõe seu descontentamento em desabafo com Almeida (Ricardo Pereira): “Vi meu pai a vida toda se queixando da carga de trabalho, mas eu estava numa oficina, também não é moleza“.

Karine Assad (Mayana Neiva) vai à loja e se surpreende ao encontrar outro filho de Lola (Glória Pires) trabalhando no local: “Então tem interesse em trabalhar aqui?“. Vencendo o constrangimento, Alfredo responde: “Deve ser sina dos Lemos. Primeiro meu pai, depois meu irmão, agora eu“. A esposa de Assad rebate: “Ou maldição“.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

ALERTAS GRATUITOS