Éramos Seis
Éramos Seis é a atual novela das 18h da Globo (Imagem: Reprodução/ Globo)

A perfeição do figurino de Éramos Seis, da Globo, mostra os uniformes das escolas e mexe com o inconsciente coletivo da dona de casa. Faz lembrar um tempo de respeito às famílias e aos professores dentro das escolas.

Tempo em que os alunos se levantavam para receber o professor na sala de aula. Tempo em que eles cantavam o Hino Nacional toda semana perfilados no páteo da escola. Tempo que professor tinha cultura, era alfabetizado, lia livros e ensinava as coisas certas dentro das salas de aula e não fazia ativismo político com cabeça de alunos.

Tempo onde professor era professor e aluno era aluno. Tempo em que aluno não batia no professor. Tempo em que favela não era reduto e esconderijo de bandido mas apenas onde moravam os menos favorecidos. Tempo em que os favelados não eram obrigados a esconder traficantes.

Tempo que se honrava pai e mãe. Tempo onde a família era a base da sociedade independente de riqueza ou pobreza. Tempo que a família era o amor entre as pessoas.

Precisou que uma novela da Globo fizesse um cenário perfeito e um figurino digno de obra de arte para que se lembrasse que o ser humano é bom na sua essência, mas pervertido quando os maus se fazem passar por bons e procuram destruir a sociedade honesta do país

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos