Érico Brás revela ter vergonha dos homens após episódio em metrô

Érico Brás
Érico Brás fez desabafo e recebeu aplausos no Se Joga (Imagem: Reprodução / Globo)

Érico Brás desabafou ao vivo durante o Se Joga, da última sexta-feira (4), sobre o episódio do metrô do Rio. Um homem invadiu o vagão reservado para mulheres e provocou uma discussão acalorada. O apresentador falou que sentia vergonha pela atitude do rapaz.

A atriz Laryssa Ayres estava entre as que pediram para que homem se retirasse do local. Ela conversou com os apresentadores do novo programa da Globo e contou o que aconteceu. “Todas elas estavam constrangidas e tentando explicar o direito que era nosso. Ele, em nenhum momento, acatou”, afirmou.

A famosa esclareceu que pediu com educação para que o rapaz se retirasse do vagão, mas ele bateu o pé. “Disse que eu não tinha direito nenhum e que se eu quisesse fazer alguma coisa que eu fosse em outro vagão retirar mulheres que estão juntas com outros homens. Não tem o menor sentido!”, argumentou.

Érico, com a palavra, se mostrou indignado. “Eu sinto vergonha disso, sabe por quê? A gente sabe que os homens, mesmo estando em minoria dentro do vagão, ou em qualquer espaço, eles se sentem superiores”, lamentou.

“Eu tenho vergonha disso! Sabe o que eu acho às vezes? Que o homem devia ser melhorado só mexendo na mitocôndria! Só voltando para o início!”, disparou o ator, aplaudido pela plateia e pelas colegas Fernanda Gentil e Fabiana Karla.

“O homem se sente superior a qualquer ser vivo da face da Terra! Seja mulheres, que são seres humanos também, não respeitam o governo, não respeitam os animais, não respeitam crianças, não respeitam os mais velhos. É uma extrema vergonha! Eu tenho vergonha às vezes de estar no meio dessa sociedade extremamente machista”, finalizou.

Globo aposta em fofoca com Luana Piovani para salvar audiência do Se Joga

O Se Joga começou com o pé esquerdo na Globo, perdendo para o Balanço Geral, da Record. Diante disso, a emissora carioca decidiu apostar nas fofocas e chamou ninguém menos que Luana Piovani para dar uma “turbinada” no Ibope.

A loira foi assunto por dois dias seguidos, tanto na última terça-feira (1º), com a exibição de um vídeo polêmico que viralizou nas redes sociais, e na quarta, com a própria Luana falando sobre o assunto em uma live com os apresentadores.

No vídeo em questão, a atriz diz que era difícil ser famosa no Brasil e não tinha tempo para postar foto de biquíni. Entre os motivos, estava o fato de Paula Lavigne costumar mobilizar artistas para sair em defesa de causas políticas e interesses sociais.

“Era a Paula Lavigne dentro do nosso grupo falando não sei o quê… Dá muito trabalho. Não estou conseguindo postar eu bonita de biquíni. Tem coisas políticas para fazer e pessoas me pedindo coisas absolutamente importantes e relevantes”, lamentou.

A fala foi rebatida pela própria Paula, com uma foto de biquíni no Instagram, e Luana fez questão de rebater em rede nacional: “A Paula Lavigne de biquíni… olha, é bom que tem gente que gosta do branco e tem gente que gosta do preto, não é?”.

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

WordPress Lightbox