Estrelado por Fabio Porchat, vídeo do Porta dos Fundos sofre ações de repúdio

Fabio Porchat
Esquete de humor do Porta dos Fundos com Fabio Porchat é alvo de notas de repúdio por instituições (Imagem: Reprodução / Instagram)

Um vídeo do canal Porta dos Fundos, estrelado por Fabio Porchat, causou polêmica, recentemente. O registro foi alvo de algumas instituições por causa de algumas piadas feitas durante as imagens divulgadas na última segunda-feira (11).

O Instituto Ethos e a plataforma Labora divulgaram notas de repúdio por causa de “um suposto ‘humor’ que reforça estereótipos equivocados”.

No esquete, o personagem de Porchat faz referência à mãe de 57 anos como “uma criança incapaz”, diz a nota. O texto ainda que fala ainda em “preconceito etário” (“idadismo”) no vídeo.

Outra entidade que também se mostrou incomodada com o vídeo foi a comunidade HUB 40+, voltada para a empregabilidade e marketing de pessoas com mais de 40 anos. Através de um comunicado assinado pelo sócio fundador do programa Mauro Wainstock, diz que a publicação “ridiculariza uma mãe de 57 anos em sua relação com os filhos e a tecnologia”.

Intitulada Responsável, a esquete mostra Porchat como um filho que tem que lidar com a mãe como se fosse uma criança incapaz por causa da dificuldade que a genitora teria de lidar não só com a tecnologia, mas também com a mídia em geral, por meio do incentivo do filho.

A piada teria como objetivo demonstrar através de uma crítica de como as pessoas estariam susceptíveis à lavagem cerebral por terem acesso a programas sensacionalistas da TV, além de assistirem novelas bíblicas e o repasse de fake news via whatsapp.

Confira o vídeo:

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›