Ex-ator da Globo relata dificuldade para trabalhos após ser “arrancado do armário”

Leonardo Vieira
Leonardo Vieira mora atualmente em Portugal (Imagem: Reprodução / Instagram)

Longe da TV há 6 anos, Leonardo Vieira poderá ser visto em breve na telinha na reprise Sonho Meu, que será exibida no Viva. Em conversa com a coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, o ex-ator da Globo falou sobre o trabalho que guarda com carinho.

Foi um momento incrível para mim, porque foi logo depois de ‘Renascer’ e me surpreendi ao ser chamado tão rápido para outro trabalho. Eu era um garoto, tinha acabado de sair da escola de teatro e me deslumbrei com tantas possibilidades que estavam se abrindo”, contou ele.

“Além disso, tive o privilégio de estar ao lado de atores que já eram consagrados, como Beatriz Segall, Walmor Chagas e Nivea Maria”, recordou.

Após uma carreira cheia de boas novelas, Leonardo, que atuou em um folhetim pela última vez em 2015, quando esteve no elenco de Os Dez Mandamentos, não foi mais chamado para as tramas.

Casado com Leandro Fonseca, o Leonardo Vieira contou: “Fui arrancado do armário contra a minha vontade e depois disso a minha vida virou de cabeça para baixo. Passei a sofrer ameaças de morte e desde então nunca mais fui chamado para um trabalho”.

O artista, que passou por isso em 2017, quando foi fotografado por um paparazzi, resolveu se mudar para Portugal (onde vive até hoje) no ano seguinte.

Em meio a todas essas questões de ameaça e falta de trabalho, teve a eleição do atual presidente, uma pessoa de quem eu discordo completamente em todas as posições. Eu sou cidadão português e já tinha planos de morar no país algum dia. Acabei, então, tomando a decisão. Mas não tenho feito trabalhos como ator por aqui. Não é algo que eu esteja procurando”, declarou o famoso, que está sem trabalho no momento.

Feliz com a vida em Portugal, o ex-ator da Globo abriu o jogo sobre a possibilidade de voltar a morar no Brasil: “Vou voltar sempre para visitar e para fazer trabalhos pontuais, mas morar não é algo que eu tenha vontade agora. Eu sei que muita coisa está avançando desde que eu saí. A homossexualidade vem sendo discutida e aceita por uma parte da sociedade e até das emissoras. Tivemos, por exemplo, o Gil do Vigor, que faz sucesso com a sua cachorrada. Isso é muito significativo”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›