Ex-BBB Jessilane se pronuncia sobre rumores de que Natália foi excluída

Jessilane
Jessilane esclareceu situação envolvendo Natália (Imagem: Reprodução / Instagram)

Jessilane Alves abriu o jogo e comentou sobre os rumores de que as “comadres” teriam excluído Natália Deodato do grupo delas, formado durante o BBB 2022.

Em entrevista ao site Estrelando, a ex-sister explicou o fato da modelo não ter se encontrado com ela, Naiara Azevedo e Linn da Quebrada:

“A Natália estava em Belo Horizonte, né?! E aí quando a Naiara começou a mandar mensagem no grupo, ela já estava em São Paulo, e a Natália estava em BH, era no mesmo dia”.

Veja Também

Está tudo bem realmente, coincidiu de se encontrar porque eu e a Lina estávamos aqui e a Naiara veio gravar um programa”, justificou.

Jessi também disse que conversa com outros dois participantes: “Com quem eu falo com muita frequência é o Tiago [Abravanel] e a Maria, são as pessoas que eu mais converso, além das comadres“.

Jessilane Alves manda a real sobre vida financeira após o BBB 2022

Ao contrários de alguns ex-BBBs que já saem do Big Brother faturando alto, Jessilane Alves abriu o jogo e afirmou que ainda não está rica.

Durante sua participação no podcast PodPah, a professora de biologia disparou: “Gente, não saí rica não, tá, galera?”.

Saí mais pobre do que entrei. Se não fosse o prêmio de R$ 100 mil, sairia devendo”, confessou. Atualmente trabalhando com publicidades no Instagram, Jessilane explicou que abriu um CNPJ para fazer seus trabalhos.

“Cada trabalho que vai chegando, eu vou executando e demora alguns dias para receber. Então, eu estou quase que na mesma”, declarou a ex-sister, que explicou que algumas empresas podem demorar até 120 dias para fazer o pagamento.

“Recebi o prêmio e fui resolvendo a minha vida aos poucos. Vou construir esse prêmio [os R$ 1,5 milhão do BBB] ao longo do tempo”, garantiu.

Confissão

Em recente conversa com a Quem, a professora afirmou que que seu objetivo ao entrar no programa não era a fama, e sim ganhar o prêmio de R$ 1,5 milhão:

“Eu sabia que era uma consequência do programa, mas não era minha meta. Eu queria chegar na final, ganhar esse prêmio de R$ 1,5 milhão, transformar a minha realidade, mesmo que de maneira esporádica, porque eu sabia também que no país que a gente vive e como as coisas acontecem R$ 1,5 milhão parece muito dinheiro, mas não é muita coisa”.

“Eu sabia que ia dar pra resolver a minha vida, mas não ser algo tipo ‘tô rica, pronto acabou’. Ia que ter continuar trabalhando e fazendo a minha vida girar. Mas naquele primeiro momento, seria muito importante. Então o meu objetivo era esse: ganhar o prêmio e transformar a minha realidade naqueles primeiros dias”, continuou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›