Ex-diretor de Gugu surpreende com desabafo em defesa de Faustão

Faustão
Faustão virou motivo de briga entre diretores (Imagem: Reprodução / Band)

Conhecido por ter sido o “braço direito” de Gugu Liberato (1959-2019), Homero Salles soltou o verbo contra Alberto Luchetti Neto, que é ex-diretor de Faustão. Nas redes sociais, os dois trocaram farpas.

Tudo começou quando Luchetti escreveu em rede social, recentemente: “No dia 17 de janeiro, na estreia do Programa do Faustão na Band, eu avisei das dificuldades de produzir um programa diário”.

“Avisei também que depois de uma semana a queda de audiência seria sentida, uma vez que as primeiras exibições do Faustão na Band não poderiam servir de parâmetro. Não deu outra. Vejam o resultado 10 dias depois.” Ele ainda disse que o programa “nasceu morto”.

Veja Também

Através do LinkedIn, Homero Salles, então, defendeu Faustão: “Não tenho procuração, interesses outros e tampouco ninguém me pediu para rebater uma critica ácida e sem fundamentação, feita ao apresentador que mal completa um mês no ar pela Band, mas me sinto no dever”.

“Nada poderia ser mais equivocado…por acaso, apenas números estratosféricos de audiência podem ser considerados para mensurar o sucesso ou não de um programa ou de um apresentador? Até onde eu sei, a Band está muito feliz com os resultados”, escreveu.

O ex-braço direito de Gugu ainda disparou: “Falo com a propriedade e conhecimento de quem ‘lutou’ domingo a domingo, durante décadas, tendo como adversário na preferência do público, a Globo no seu dia mais nobre”.

“Nessa ‘guerra’ dominical aprendi a respeitar meu concorrente e sua força, sua criatividade, sua produção e seu inegável talento. E é esse talento que vejo , assisto e aplaudo na sua nova emissora”, concluiu.

Faustão fica para trás

O Jornal da Band da última segunda-feira (31), voltado para a repercussão das tragédias causadas pela chuva em São Paulo, liderou o ranking de mais vistos da emissora.

O noticiário superou o programa de Faustão, que, desde a estreia no último dia 17, ocupava o posto máximo da audiência. A Band ainda atingiu o terceiro lugar entre os canais de TV aberta com o Brasil Urgente, de José Luiz Datena.

No ar das 19h20 às 20h30, o Jornal da Band assegurou 5,1 pontos, 6 de pico e 7,9% de participação no número de televisores ligados (share). Na mesma faixa, 22 para a Globo, 9,4 da Record e 6,1 com o SBT. Os dados são referentes a Grande São Paulo. Eduardo Oinegue, Joana Treptow, Lana Canepa e Paloma Tocci responderam pelo comando do informativo.

Logo depois, entre 20h30 e 22h31, Faustão na Band arrebatou 4,4 pontos, 5,2 de pico e 6,4% de share. Aqui, 22,5 para a Globo, 9,8 da Record e 7,4 com o SBT. O apresentador, ao lado de Anne Lottermann e João Guilherme, recebeu Edson Celulari e Adriana Birolli na Pizzaria do Faustão; Pepeu Gomes e Baby do Brasil responderam pelos números musicais.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›