Ex-empresário exige que Mário Frias não fale mal da Globo e explica o motivo

Mário Frias
Mário Frias é alvo de puxão de orelha de ex-empresário (Imagem: Reprodução / TV Brasil) 

Secretário de Cultura do Governo Bolsonaro, Mário Frias recebeu um sermão do seu ex-empresário, Guilherme Abreu. Ele pediu para o auxiliar do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “não chamar” a Globo de “Globolixo”, ataque recorrente dos eleitores do “capitão”.

A explicação foi simples: Frias conseguiu o seu primeiro emprego no meio artístico na emissora dos Marinho. “Não chame a TVG [TV Globo] de ‘Globolixo’, do qual foi seu primeiro emprego! Exerça seu cargo com celeridade e com inteligência para nos ajudar”, aconselhou.

O pedido de Guilherme foi feito em uma carta aberta divulgada no Facebook. Além da recomendação envolvendo a Globo, o empresário citou a notícia sobre as atitudes polêmicas do secretário dentro da pasta.

“Como sempre tive oportunidades de lhe dar conselhos, exerço esse dever, de você parar de tirar fotos com cara de mau e armado”, começou.

“Você deveria trazer ajuda para a nossa classe artística, verbas para os funcionários e similares para poder sobreviverem, trazer ideias, abrir carteiras de crédito e ser de verdade um defensor da classe”, detonou.

“Por que andas armado? Está devendo algo a alguém? Está sendo perseguido?”, indagou. Uma fonte do UOL afirmou que a arma de Mário Frias “gera mal-estar e desconforto” entre os funcionários. “Imagine esse contexto e o seu chefe com arma na cintura. O medo e a sensação de ameaça são constantes”, confidenciou.

Confira a carta na íntegra:

“Carta Aberta

Ilustríssimo Senhor Mario Frias

Venho por meio desta lembrá-lo que fui seu primeiro empresário na ‘Malhação’, da TV Globo.

Como sempre tive oportunidades de lhe dar conselhos, exerço esse dever, de você parar de tirar fotos com cara de mau e armado.

Você deveria trazer ajuda para a nossa classe artística, verbas para os funcionários e similares para poder sobreviverem, trazer ideias, abrir carteiras de crédito e ser de verdade um defensor da classe.

Li, tristemente que você berra e humilha seus funcionários? Pra que?

Por que andas armado? Está devendo algo a alguém? Está sendo perseguido?

Reflita e mostre com a sua gestão uma linha de crédito para toda a nossa classe.

E não chame a TVG [TV Globo] de ‘Globolixo’, do qual foi seu primeiro emprego!
Exerça seu cargo com celeridade e com inteligência para nos ajudar.

Att,
Guilherme Abreu”.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›