Kika Kalache
Atualmente, Kika Kalache vive Sula em “Jesus”, na Record (Imagem: Divulgação / Record)

Uma ex-atriz da Globo, hoje na Record, passou por momentos constrangedores durante uma blitz de trânsito, no Rio de Janeiro. Kika Kalache foi parada por policiais e acusada de usar maconha por, simplesmente, ser atriz.

Segundo informações do jornal O Dia, o fato ocorreu na noite de quinta-feira (11), quando ela voltava de um jantar com o marido. O carro dela foi parado em uma blitz no Leblon, Zona Sul do Rio, e revistado.

“O policial falou na minha cara que me reconheceu e que minha profissão era suspeita. Que ator sempre tem drogas e que ele pegou três atores com drogas. E, que, enfim ele iria me revistar porque eram ordens do governador”, disse ela à publicação.

Kika passou pela revista e foi liberada, sem que constatassem o entorpecente no veículo. Em nota, a PM do Rio de Janeiro disse que o comando do batalhão a quem pertence os policiais “não compactua com qualquer desvio de conduta”, e que os agentes serão identificados para que as providências sejam tomadas.

Já a assessoria do governador Wilson Witzel (PSC-RJ) não se manifestou e orientou a procura pela PM. Hoje, Kika está no ar na novela “Jesus”, da Record, no papel de Sula, tia de Jesus. Ela também já integrou o elenco de “O Clone”, na Globo, na década de 2000.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!