Ex-repórter do BBB, Vinícius Valverde celebra cura da Covid-19

Vinícius Valverde
Repórter Vinícius Valverde recorda fase no Big Brother Brasil e recuperação após contrair a Covid-19 (Imagem: Reprodução / Arquivo Pessoal)

Por 10 anos, Vinícius Valverde comandou o microfone do BBB nas ruas, no contato direto com os telespectadores do programa, na época comandado por Pedro Bial. De repente, o repórter deixou as câmeras da Globo e investiu sua vida no interior de São Paulo, com uma produtora independente.

Ao longo da última década, o jornalista de 44 anos se tornou garoto-propaganda de seis empresas e por três anos deu palestras motivacionais em faculdades.

Precisei operar o nariz sete vezes“, contou Valverde. Aos três anos de idade, sofreu um acidente de carro com a mãe, Tina, que lhes destruiu o rosto. Ele perdeu um dos olhos e levou mais de mil pontos na face.

Digo que tenho mais silicone no rosto do que muita mulher tem no peito. Depois do acidente, assistindo ao ‘Sítio do Picapau Amarelo’ com a minha avó, batia na televisão e falava: ‘Vou trabalhar na TV!’. Minha avó, tadinha, pensava: ‘Como esse menino, sem olho, vai trabalhar na televisão?’. Até os seus 94 anos pude dar a ela essa graça a ela de me ver trabalhando na TV. Sempre quando aparecia, ligava para avisar“, recordou.

O ex-Globo falou sobre a saudade do Big Brother Brasil. “Muitas! Foram 10 anos maravilhosos! As festas pós-BBB eram muito boas! Aprendi muito na Globo!“, agradeceu.

2020, ano de pandemia, foi difícil para Vinícius. “Em maio, meu pai, Vital, teve que fazer três cirurgias para retirar um abscesso provocado por uma infecção nas costas. Em novembro precisou de uma nova cirurgia para substituir a válvula cardíaca do coração que foi destruída pela bactéria. Deu certo! Ele se recuperou e está até dançando!“, brincou.

A Covid-19 também entrou em sua casa e atingiu ele e sua esposa. “Fiquei internado em uma UTI de alta complexidade pois tive 50% dos pulmões acometidos pelo vírus. Graças a Deus me recuperei e já voltei a nadar“, relatou.

Hoje dou aula para o meu filho de karatê e pratico natação em casa. O esporte me salvou!“, disse ele, que completou sobre as sequelas da doença: “Antes da pandemia nadava 2 mil metros. Hoje são mil, mas aos poucos vou me superando“, garantiu.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›