Exclusivo: Bruna Spínola relembra Pega Pega e exalta mudanças após a maternidade

Bruna Spínola
No ar como Cíntia, na edição especial de Pega Pega, Bruna Spínola fala sobre carreira e maternidade em entrevista ao RD1 (Imagem: Acervo pessoal / Bruna Spínola)

A novela Pega Pega (2017) está no ar na Globo, como edição especial na faixa das 19h, e aproveitamos para relembrar o trabalho de Bruna Spínola na televisão. A Cíntia, da trama de Claudia Souto, hoje é mãe da pequena Maria Luisa – que completa dois anos em janeiro – e dedica seu tempo à maternidade, aos estudos e a trabalhos sociais.

Enquanto não volta à telinha, a atriz comemora o sucesso de Impuros (série disponível no Globoplay e Star+ e que deve ter nova temporada em 2022) e aguarda, ansiosa, a estreia do filme Eduardo e Mônica, no qual interpretará a jovem Karina, irmã da protagonista Mônica, vivida por Alice Braga. Os dois trabalhos têm a direção de René Sampaio, com quem Bruna é casada.

RD1 – Como está a vida de mãe? O que você descobriu da Bruna que não sabia até a chegada da maternidade?

Bruna Spínola – Estou amando, curtindo muito cada etapa e cada nova fase da Maria Luisa. Eu já sabia que seria especial, mas o “ser mãe” vai muito além do que imaginei. Estou muito realizada e feliz, o que não quer dizer que eu não canse e não enfrente dificuldades nesta tarefa. Mas me descobri uma mãe acolhedora, amorosa.

RD1 – A Malu despertou em você desejo de mudar, de fazer algo novo na vida?

Bruna Spínola – A Malu despertou em mim o desejo de fazer algo positivo pelo mundo, pelas pessoas. Tenho voltado o meu olhar para alguns projetos sociais. E tenho tido vontade de trocar experiências com outras mães. Tenho falado um pouco sobre maternidade nas redes sociais e tenho gostado muito dessa interação.

Bruna Spínola
Bruna Spínola e a filha Maria Luisa (Imagem: Acervo pessoal / Bruna Spínola)

RD1 – Como tem sido acompanhar Pega Pega e se ver novamente no ar? O que esse trabalho significa para você?

Bruna Spínola – Está sendo uma delícia. Essa novela foi muito especial pra mim, um grande presente da Claudia Souto. Me emociono com cada cena que estou revendo e volto imediatamente pros bastidores da novela. Éramos muito felizes em cena e por trás das câmeras, certamente um trabalho que ficou no coração. A história da Cíntia e a luta contra a injustiça que ela viveu sendo presa e acusada sem ter feito nada de errado mexeram muito comigo. Eu odeio injustiça e a personagem está passando por uma provação muito grande no momento.

RD1 – Podemos esperar a Bruna novamente na TV? Como estão os projetos profissionais?

Bruna Spínola – Em breve, eu espero. Estou muito feliz com a repercussão da série Impuros, que está na Globoplay e estreou no Star+ recentemente. No começo do ano devo estar no cinema com Eduardo e Mônica e pretendo voltar aos palcos também. Estou fazendo tudo com calma, curtindo cada novo passo da Maria Luísa, mas planejando a retomada profissional. Aproveito também que estou em casa com ela pra estudar, me reciclar. Logo que começou a pandemia resolvi colocar em prática um sonho antigo e estou cursando o quarto período de arquitetura. Também me aprofundei nos estudos da fotografia, outro campo que tenho muita paixão e interesse.

RD1 – Muitas mulheres pensam em fazer trabalhos voltados para o universo infantil depois que se tornam mães. Isso aconteceu com você? Alguma novidade vindo por aí que você possa nos contar?

Bruna Spínola – Com certeza. Eu vejo o mundo de outra forma depois que a Malu nasceu e as crianças me emocionam muito. Já pensei várias vezes em como ficar mais próxima a este universo tão rico e lúdico. Atualmente estou fazendo um trabalho no Morro Azul (comunidade em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro) que envolve as crianças da comunidade e também arquitetura. Estamos usando materiais sustentáveis e técnicas de taipa para melhorar algumas moradias. Também fazemos um trabalho sobre as memórias da comunidade com especial atenção às crianças que moram no local. Esse contato tão próximo e lúdico com as crianças é um processo muito bonito e transformador. Também tenho vontade de escrever um texto para o teatro onde compartilho as dores e delícias da maternidade.

Fernanda Menezes Côrtes
Fernanda Menezes Côrtes é jornalista, com mais de 20 anos de experiência em assessoria de comunicação, sendo os últimos onze anos voltados ao mundo do entretenimento e da televisão. Trabalhou na comunicação da Globo e do Canal Viva e como assessora de artistas.
Veja mais ›