Fábio Jr é alvo de mentira de laboratório e ganha processo na Justiça

Fábio Jr
Fábio Jr processou laboratório e será indenizado (Imagem: Divulgação)

Fábio Jr foi vítima de uma propaganda mentirosa sobre disfunção erétil e agora receberá uma indenização de R$ 100 mil. O famoso entrou na Justiça contra o Laboratório Gileade e da empresa de comércio Onlinemax.

Segundo informações do colunista Rogério Gentile, do UOL, o artista descobriu em 2017 que as empresas estavam usando o seu nome e a sua imagem para vender um suposto medicamento contra a impotência sexual.

O anúncio ainda declarava que o cantor havia tomado a “pílula milagrosa” para se curar. Para piorar, a fake news colocava uma foto de Fábio Jr com as suas filhas.

No processo, então, o artista declarou que, ao contrário do que disse o anúncio, sempre foi conhecido como homem viril, galanteador e símbolo sexual de toda uma geração. Ela não queria a sua imagem associada a um produto que nunca usou, nem aprovou e que não tem registro na Anvisa.

A Justiça, então, condenou as empresas que paguem indenização por danos morais e por uso indevido de imagem. O TJ-SP ainda condenou a Gileade e o Onlinemax a publicarem uma retratação, desmentindo as informações veiculadas em nome do músico.

As empresas se defenderam no processo alegando que não são titulares do site em que a “matéria teria sido publicada”.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›