Fábio Porchat revela melhor maneira de combater Bolsonaro, seus filhos e Olavo de Carvalho

Fábio Porchat
Fábio Porchat causa polêmica com afirmação sobre Bolsonaro e irritações de seus aliados dentro do governo (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Fábio Porchat encontrou uma forma infalível de tirar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), os seus filhos e o escritor Olavo de Carvalho do sério: provocá-los, mas não chamando o “capitão” de “genocida”, e sim usando táticas longe do politicamente correto.

A declaração do humorista foi feita durante a sua participação no Manhattan Connection, da TV Cultura. “Por isso que eu digo: não adianta chegar e falar ‘Bolsonaro genocida!’. Ninguém entende o que é genocida, o por quê, como assim… Tem que falar ‘Bolsonaro tem o pa* fino!'”, disparou.

“Eu já disse. É a minha luta. Se você falar que o Bolsonaro é brocha ai é que pega ele. Se falar que queima a rosca, aí ele fica louco”, surpreendeu Fábio Porchat, que citou os filhos do presidente: o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

“Se falar que o Carluxo queima a rosca, o Flávio tem o pa* pequeno e o Eduardo morde fronha, eles ficam loucos. Você atinge todos eles. Você vê no final das contas o líder deles é o Olavo de Carvalho que fica mandando todo mundo enfiar coisa no c* o tempo todo. A verdade é que eles não passaram da fase anal. Para combater, a gente tem que combater com anal”, avaliou.

Porchat comentou sobre a dificuldade de fazer piadas sobre Bolsonaro. “Tá difícil, né? No fim das contas, o Bolsonaro é a graça mais sem graça que a gente tem há muito tempo, porque é difícil a gente acompanhar”, considerou.

“Quando você vai fazer uma piada sobre o Bolsonaro já tem um filho dele com uma piada pior. Em algum sentindo, é um prato cheio para comédia”, pontuou o comediante.

Na entrevista, ele citou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Se você sacaneia o Lula, você é o monstro da democracia. Porque, afinal de contas, ele é o nosso ‘bastião’ para vencer o Bolsonaro”, indicou.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›