Famosos lamentam a morte de Marilu Bueno: “Grande atriz”

Marilu Bueno
Marilu Bueno morreu nesta semana e famosos repercutiram (Imagem: Victor Pollak / Globo)

A notícia da morte de Marilu Bueno, aos 82 anos, nesta quarta-feira (22), repercutiu nas redes sociais e famosos lamentaram a partida da atriz e colega de trabalho. A famosa estava internada desde o fim de maio, no Hospital Municipal Miguel Couto, no Rio de Janeiro.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Pedro Neschling, que foi colaborador do autor do último trabalho dela na TV, Salve-se Quem Puder, da Globo, prestou homenagem.

“Hoje perdemos a Marilu Bueno, grande atriz pra quem tive o prazer de escrever nesse que acabou sendo seu último trabalho, a novela Salve-se Quem Puder. Deixo todo meu amor para a família, amigos e fãs“, disse o também ator.

publicidade

Veja Também

Zezé Motta declarou: “A Marilu Bueno é uma figura que fez história na nossa televisão, passando pelo cinema e teatro. Foram décadas de carreira, me lembro bem de quando fizemos juntas ‘Dias Melhores Virão’, dirigido pelo Cacá Diegues, o ano era 1989…”.

Juliana Paiva, que também estava na trama das 19h, disse: “Grande perda. Estivemos juntas em “Salve-se Quem Puder”. Eu me lembro da Marilu entrando na sala de caracterização “tocando o terror”, animada com a novela e com a personagem. Muita luz, querida Marilu! Descanse em paz”.

Os detalhes sobre os motivos que a levaram para a unidade não foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro.

“A direção do Hospital Municipal Miguel Couto lamenta informar que a paciente Maria Luiza Bueno, conhecida como Marilu Bueno, faleceu na tarde desta quarta-feira, 22 de junho. Ela estava internada na unidade desde o final de maio e vinha recebendo todos os cuidados indicados para o quadro”, declara a nota da pasta.

publicidade

A carreira de Marilu Bueno

Marilu Bueno estreou no longa-metragem O Cupim, uma comédia brasileira dirigida por Carlos Manga em 1960. Em seguida, continuou no teatro. Apenas doze anos mais tarde, ela fez a sua estreia em novelas, em O Bofe, de 1972, interpretando Margot.

A atriz emendou papéis em Estúpido Cupido (1976), Sem Lenço, Sem Documento (1977) e Guerra dos Sexos (1983). Ela esteve também em A Gata Comeu (1985), Dona Beija (1986), O Primo Basílio (1988), De Corpo e Alma (1992), Quatro por Quatro (1994), Brava Gente (2001), Coração de Estudante (2002), Da Cor do Pecado (2004), Chamas da Vida (2008) – atualmente sendo reprisada na Record -, Alto Astral (2014) e Êta Mundo Bom! (2016).

Em 2020, ela participou de Salve-se Quem Puder, da Globo, onde integrou um triângulo amoroso com personagens de Grace Gianoukas e Cosme dos Santos.

publicidade

publicidade

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br