Famosos negros protestam após homem ser espancado até a morte em supermercado

Famosos protestam contra morte de homem negro em supermercado (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Em pleno dia 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra, que faz referência a morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, a morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, por seguranças do supermercado Carrefour, causou revolta entre os famosos.

Por meio das redes sociais, vários artistas negros reivindicaram justiça e mostraram indignação diante do ocorrido. Camila Pitanga, atriz negra, declarou: “O nome de hoje é João Alberto Silveira Freitas. Homem negro, morto a socos, por dois seguranças brancos, numa unidade do Carrefour em Porto Alegre”.

“O racismo não acaba se pararmos de falar nele. O racismo acaba quando pessoas brancas pararem de cometê-lo. Porque o racismo não é só uma ideia, não são apenas palavras. O racismo é a base de uma sociedade que nasceu e se manteve na exploração do povo preto”, completou.

O cantor Thiaguinho escreveu: “Parem de nos matar! Parem de matar nossos pais, mães, filhos e irmãos… Pelo amor de Deus!!!! Eu não aguento mais tomar porrada até morrer… Pqp, Mano! Que dor… E nós, pretos, não vamos mais aceitar isso e nós calar… Inclusive, temos que fazer mais… Não dá mais pra suportar isso. Eu não me sinto menos importante que ninguém nesse país… Pelo contrário… Então… vamos agir!”.

A cantora Tereza Cristina fez um protesto em suas redes sociais: “Como acordar num país e falar do dia da Consciência Negra sabendo que mais um negro foi espancado até a morte em um supermercado? Assassinos!!!”.

O ator Rafael Zulu desabafou: “Aos brancos que se dizem aliados e que desfrutam dos holofotes da postagens que fazem, hoje seria um ótimo momento pra vocês não se calarem. Aguardo ansioso os posts de vocês que ainda não acreditam que todos os dias nos matam, e nos matam de todas as formas. TO MUITO REVOLTADO. E aí, até Quando?”.

A cantora Preta Gil reagiu, dizendo: “Até tinha preparado um feed todo lindo em comemoração ao dia da Consciência Negra, mas o racismo é tão perverso que não nos dá descanso nunca. João Alberto Silveira Freitas foi assassinado covardemente ontem à noite em um supermercado em Porto Alegre. Temos que cobrar Justiça, sem Justiça não há paz!!!”.

E o cantor Buchecha desabafou em seu perfil no Twitter: “Acabei de assistir ao um vídeo onde seguranças espancaram até a morte um homem dentro do supermercado em Porto Alegre! A pergunta é ATÉ QUANDO? Homem dando de ombros Meus sentimentos aos familiares Mãos dadas Estamos sofrendo gente, poxa”.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Lucas Medeiros é formado em Comunicação Social e compartilha o dia a dia dos artistas, famosos e celebridades. Acompanhe no Instagram clicando aqui!

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com