Fantástico entrevista Sérgio Moro e web vibra com falas sobre Bolsonaro

Fantástico
Fantástico conversou com Sérgio Moro, que falou sobre governo Bolsonaro (Imagem: Reprodução/ Globo)

Um mês após deixar o Ministério da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro decidiu abrir o jogo sobre o governo Bolsonaro. Em entrevista ao Fantástico, o ex-ministro falou sobre as acusações contra o presidente de tentar interferir politicamente nas investigações da Polícia Federal.

Em conversa com Poliana Abritta, ele falou sobre o vídeo da reunião da reunião ministerial do dia 22 de abril, que foi apontado por Moro como prova da intenção do chefe do executivo de obter informações privilegiadas.

“Quando deixei o governo, e fiz aquele pronunciamento e depois prestei um depoimento, deixei muito claro que nunca foi minha intenção prejudicar o governo de qualquer maneira. O que aconteceu, na minha avaliação, uma interferência politica do presidente da república na Polícia Federal, tanto na direção-geral como também na superintendência do Rio de Janeiro”, disse ele.

“Entendi, pela relevância do assunto, que era minha obrigação revelar a verdade por trás da minha saída. Cabe agora às instituições – PGR, Polícia Federal e o próprio Supremo Tribunal Federal – fazer avaliação sobre esses fatos. Na minha parte, não me cabe emitir opinião específica a esse respeito“, acrescentou.

Moro ainda falou sobre a reunião: “O presidente externou publicamente, diversas vezes, as preocupações que ele tinha em relação aos filhos dele, né? O que existe é todo um contexto, que é a necessidade externada pelo presidente de colocar pessoas de confiança dele e uma insatisfação com serviços de inteligência que eram prestados pela PF. Agora, tem que ver o que ele entende exatamente como “serviços de inteligência”, que pra ele estavam insatisfatórios”.

“O que me causou mais preocupação foi, me parece, o desejo de que os serviços de inteligência prestados por esse serviço particular fossem passados a ser prestados pelos serviços oficiais“, acrescentou o ex-juiz, que ainda detonou Bolsonaro sobre o combate à corrupção.

“Me desculpem os seguidores do presidente se essa é uma verdade inconveniente, mas essa agenda contra a corrupção não teve um impulso por parte do presidente da República“, falou Sérgio Moro ao Fantástico.

Confira a repercussão:

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

ALERTAS GRATUITOS