Fátima Bernardes diz que programa foi feito só por mulheres e homem aparece se escondendo

Fátima Bernardes é vítima de gafe ao vivo (Imagem: Reprodução / Globoplay)

Fátima Bernardes comandou o Encontro, da Globo, desta segunda-feira (8) e disse que a edição havia sido feita apenas por mulheres na produção, mas a atração acabou cometendo uma gafe.

“Nosso programa de hoje foi pensado e executado por mulheres”, explicou, ao mostrar imagens dos bastidores. No momento que a câmera cortou para a sala, porém, um homem acabou aparecendo.

Ele tentou se esconder, correndo às pressas para não ser visto, mas acabou chamando ainda mais atenção. Nas redes sociais, o vídeo repercutiu e gerou vários comentários entre os internautas.

“Só não foi pior que o MC Donalds que só colocou mulher para trabalhar no dia das mulheres”, brincou uma pessoa. “Se perdeu no personagem”, disse outra. “Tinha que ter um homem estragando tudo”, mais uma.

“Era pra TODAS as mulheres do programa estarem de folga hoje”, sugeriu ainda outra pessoa. Vale lembrar que, na semana passada, Fátima mostrou toda a sua indignação com uma fala de Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a pandemia.

“Ouço isso com muita tristeza. Isso não tem a ver com política, gente. Isso tem a ver com piedade, solidariedade, respeito à dor alheia. Não tem a ver com uma questão política”, disparou a apresentadora.

André Curvello, que comanda o matinal com a jornalista, ressaltou: “[Não tem a ver] Nem com ideologia partidária”.

A titular do programa prosseguiu e declarou que o presidente da República está disseminando a desinformação. “É uma questão de você ter um certo estranhamento diante de uma declaração como essa”, afirmou.

“O que preocupa é ser uma opinião ouvida –porque é do presidente do país–, e a questão da desinformação. Ele fala da preocupação com os idosos. Claro que a gente tem que ter essa preocupação, só que nessa segunda onda que chegou antes de a gente se livrar da primeira, o número de pessoas jovens contaminadas é imenso”, desabafou.

Curvello ainda acrescentou a fala de Fátima Bernardes: “Dá para responder um pouco da pergunta do presidente: ‘Onde vai parar?’. Vai parar no cemitério”.

A contratada da Globo ainda lamentou a situação das pessoas que procuram atendimento médico neste momento e acabam morrendo sem serem atendidas. “As pessoas estão ficando desesperadas nos hospitais, porque não tem como atender. Estão morrendo do lado de fora, realmente é um desespero”, comentou.

O desabafo da artista foi feito após Bolsonaro voltar a dizer que a população está fazendo “mimimi” sobre as mortes causadas na pandemia.

“Nós temos que enfrentar os nossos problemas. Chega de frescura, de ‘mimimi’. Vão ficar chorando até quando? Temos que respeitar obviamente os mais idosos, àqueles que têm doenças, comorbidades. Mas, onde vai parar o Brasil se nós pararmos?”, questionou ele para apoiadores.

Confira:

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›