Faustão deixa Taís Araújo sem graça com pergunta inusitada sobre Amor de Mãe

Faustão
Faustão deixa Taís Araújo sem graça com pergunta (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

Faustão surpreendeu com um comentário inusitado sobre Amor de Mãe. No Domingão, de ontem (14), o apresentador deixou Taís Araújo sem graça ao dizer que a novela também pode ser chamada de “dor de mãe”.

Tuco começou quando o animador exaltou os 25 anos de carreira da convidada do Ding Dong. Ele começou a falar sobre o folhetim de Manuela Dias, que retorna à grade nesta segunda-feira (15).

“Vivendo a advogada Vitória em Amor de Mãe. O Amor de Mãe volta amanhã. A novela é Amor de Mãe ou é dor de mãe? Porque tem muita dor também, né?”, disparou Faustão.

Taís Araújo demonstrou que ficou um pouco constrangida com a abordagem do apresentador do Domingão do Faustão. A atriz justificou o tema mais “pesado” do folhetim das 21h.

“É que a maternidade, assim como a paternidade também, é muito desafiadora né? Tem muitas alegrias, mas tem muitas dores, dúvidas”, reagiu a mãe de Maria Antônia e João Vicente, de seis e nove anos, respectivamente.

A famosa acrescentou para o apresentador: “E aí é isso, é viver. A gente começa amanhã os episódios inéditos, a fase final”.

“Amanhã, logo depois do Jornal Nacional, a novela das nove. Que nunca começa às nove. Não é isso?”, alfinetou Faustão. “É. A gente fica ali esperando, mas uma hora ela começa”, brincou a artista.

No programa, a atriz também recebeu elogios de Lázaro Ramos. “Eu amo tanto essa mulher por vários motivos. Ela é admirável, desde a alegria que ela tem, talento dela, energia agregadora, que eu acho a coisa mais linda do mundo”, afirmou o ator.

“E a inteligência, que só se desenvolve mais e mais. Toda vez que vejo essa senhora falando, eu sempre fico muito orgulhoso e penso ‘rapaz! Eu dei foi sorte!’”, disparou o famoso.

Eles também aproveitaram a oportunidade para responder as perguntas do apresentador sobre a pandemia do coronavírus.

A artista, por exemplo, lembrou: “Gostava de ouvir Elis Regina limpando a casa. Limpava e chorava”. Lázaro Ramos, por sua vez, citou a música Tá Escrito, de Xande de Pilares: “Tem dias que a gente precisa de uma força para dar o passo seguinte e a gente canta essa sua música”.

Taís Araújo aproveitou para dançar muito no quadro. “Estou morrendo de saudade de um pagode, dei tudo de mim sambando, vou aproveitar essa oportunidade. Vai demorar muito ainda para gente poder fazer isso”, lamentou a famosa.

 

Fábio AlmeidaFábio Almeida
Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›