A Fazenda 2020: Marcos Mion lembra paredão épico do BBB e elogia Pedro Bial

Marcos Mion
Marcos Mion cita e elogia Pedro Bial em A Fazenda 2020 (Imagem: Reprodução/ Record)

Marcos Mion voltou a dar o que falar com seu discurso de eliminação em A Fazenda 2020, da Record. Nesta quinta-feira (3), o apresentador lembrou um paredão inesquecível do BBB e ainda citou Pedro Bial, que comandou o reality da Globo durante 16 anos.

O famoso abriu o discurso pré-eliminação afirmando para Biel, Jakelyne Oliveira e Jojo Todynho destacando que o humor é a grande chave para a sobrevivência em um programa de confinamento para superar com maestria os altos e baixos.

“Quem entra aí pela primeira vez pode achar que não tem nada a perder, mas tem, pode perder e costuma perder. De cara, perde a inocência presumida. Torna-se culpado até que provem o culpado. Pode perder a posse, a marra, a soberba, o rebolado, a compostura. Aliás, tecnicamente, todos entram para perder, só um ganha”, iniciou o comunicador.

Mion seguiu: “Mas uma coisa não se pode perder e isso qualquer novato aprender rapidinho. Não dá para perder o senso de humor. Nos momentos mais escabrosos, no fundo dos poços dos nossos piores medos, no fim do caminho, quando tudo parece perdido e só há uma saída do labirinto: a luz calorosa do humor”.

“Afinal, os problemas se derretem como balas de limão, bem pra lá do topo das chaminés, se pássaros azuis voam contentes por cima do arco-íris, porque que não posso voar? Hoje é o fim da guerra de vocês. Quem perdeu, agradeça a quem ganhou. Bandeira branca, amor, eu peço paz”, acrescentou o contratado da Record.

Marcos Mion discursou: “Não se preocupem em cair no esquecimento. Como disse o grande mestre dos realities, num dos momentos mais emocionantes da história desse formato, no clássico paredão entre Alemão e Siri, pode sair qualquer um de vocês agora, mas todos vão ficar pela presença da ausência”.

“Quem disse isso foi ele, o homem que trouxe poesia e profundidade para o até então descreditado show de realidade. Pedro, aquele que já estava aqui antes de nós, o Bial. Aliás, não apenas a frase, mas todo o meu discurso de hoje foi formado por trechos de discursos que ele nos presenteou no grande irmão”, completou ele.

Fábio AlmeidaFábio Almeida
Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›