Felipe Neto abre o coração em desabafo extenso sobre a depressão

Felipe Neto
Felipe Neto abre o coração em desabafo extenso sobre a depressão (Imagem: Reprodução / Instagram)

Em meio a um momento turbulento, Felipe Neto se separou da própria namorada e essa novidade tem repercutido bastante, inclusive o afetando em sua vida pessoal. No primeiro dia de 2022, o famoso abriu o jogo sobre a própria depressão, num desabafo extenso e revelador.

Usando uma foto para lá de introspectiva, o youtuber começou admitindo que está numa fase péssima de sua vida, mesmo com todo conforto que o dinheiro lhe dá:

Posso falar com você? Oi… Eu caí. Eu caí legal mesmo. E estou lá… No fundo do poço, com 20 cm de fezes, que não é suficiente pra me afogar, mas o suficiente pra querer afogar. Então… É onde eu tô. Muita gente diz: ‘Ah, rico não sofre, porque se tiver triste é só ir pras Maldivas’. As pessoas esquecem que quando a gente está nos 20 cm de cocô, não há força que nos faça querer ir pras Maldivas. Só se você for o Lucas Rangel (te amo amigo)”.

Na sequência da legenda da publicação no Instagram, Felipe expôs a recepção dos internautas com os últimos acontecimentos de sua vida:

Eu tenho lido muita coisa… Muito amor, carinho, mas também muito ódio. Muita gente que não sabe nada, não faz ideia, gritando coisas como ‘biscoiteiro’. Desculpa, eu prefiro torta. São 43,5 milhões de corujas, não biscoitos, só no YouTube. Não preciso chamar a atenção, graças a Deus (como diria a musa Inês Brasil). E também como diria a musa: ‘É aquele ditado, vamo fazer o quê?’”.

Felipe Neto passa mensagem conscientizadora sobre o problema psicológico

O ex-namorado de Bruna Gomes falou da resiliência para lidar com a depressão e a importância de pedir ajuda, nesses casos:

A dor ensina. Eu sei que muitos que estão lendo isso, estão com dores ainda maiores. E nesse momento, preciso que todos entendam: a gente não vence sozinho. Tentar enfrentar a depressão sozinho é como entrar em campo sozinho e sem goleiro e tentar vencer o Flamengo. Ou Corinthians. Ou a cac3ta do teu time que for, para de encher meu saco. Você não vai vencer”.

Felipe se usou como exemplo para reforçar a própria tese e agradeceu a ajuda essencial dos amigos:

Eu só estou aqui, de pé, porque desde que afundei. meus amigos organizaram um rodízio pra ficar sempre gente na minha casa, 24h. Lembra que eu sempre falei que minhas amizades nunca foram pautadas por influência, poder e dinheiro? Pois é… Esse é o valor de um real amigo. Ele larga tudo, ele abdica o réveillon com a família, pra poder te manter em pé. Então pense nisso pra 2022: encontre e fortaleça amizades reais”.

Famoso agradece amparo dos fãs e enaltece ajuda multidisciplinar

O também escritor ressaltou que a família não o abandonou e que os fãs foram essenciais para que ele não afundasse ainda mais:

Outra coisa que me deixou em pé? Família. Minha mãe tá sofrendo pra cacete, mas é minha rocha. Ontem veio me trazer pavê e mousse. São as pequenas coisas, são os detalhes… O que mais me mantém de pé? O amor que vocês estão me mandando. Surreal. Indescritível”.

Apesar de todos os relatos pessoais, Felipe Neto finalizou o texto esclarecendo que a ajuda psiquiátrica e o uso de remédios adequados foram — para ele — indispensáveis:

Mas, por fim, acho que nada disso estaria realmente funcionando se eu não estivesse com acompanhamento psiquiátrico e medicação. A depressão é uma doença da mente, como a gastrite é uma doença do estômago. Amigos e família fazem você se sentir melhor, mas sem remédio, você não vai curar essa gastrite. Enfim, o resumo é: busque ajuda. Não enfrente sozinho”.

Confira:

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTQIA+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›