Felipe Neto cogita uma loucura caso imprensa fique ao lado de Bolsonaro em 2022

Felipe Neto
Felipe Neto desabafa sobre possível posicionamento da imprensa em 2022 (Imagem: Reprodução / YouTube)

Felipe Neto cogitou uma loucura em 2022 dependendo do comportamento da imprensa na eleição. Com Lula (PT) livre para se candidatar à presidência da República no ano que vem, o youtuber viu nele a arma para derrotar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em um possível segundo turno entre os dois

“Se cair um Lula vs. Bolsonaro em 2022 e a imprensa me vier com ‘uma decisão muito difícil’, acho que eu vou preso dessa vez”, avisou o ativista no Twitter na tarde da última segunda-feira (8), logo após a notícia sobre a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, que anulou as condenações do líder da esquerda.

“Se o Lula fosse o presidente hoje, já estaríamos todos vacinados”, apontou um internauta nos comentários. “Vacinados, com auxílio, lockdown, escolas online, galera sem aglomerar e conscientes do vírus”, concordou outro.

Um terceiro fez ressalvas sobre a possibilidade da eleição de Lula. “Não se iludam. Antipetismo e antilulismo ainda é muito forte. Bolso deve estar soltando foguetes. Lula é o adversário perfeito para ele. Infelizmente suas chances de reeleição são reais com essa notícia”, analisou.

“Eu sou petista até a alma, mas se for o Doria para o segundo turno eu voto fantasiado de tucano também. Qualquer coisa menos o Bolsonaro tá valendo”, acrescentou mais um.

Confira:

.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›