Felipe Neto detona ação de ministro de Bolsonaro após “ameaça”

Felipe Neto
Felipe Neto critica declaração de ministro de Bolsonaro (Imagem: Reprodução / TV Cultura)

Felipe Neto soltou o verbo contra o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, após uma declaração polêmica feita pelo auxiliar do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Segundo o youtuber, o general assinou “uma ameaça” clara do Ministério ao país.

Em nota, o ministro disse: “O pedido de apreensão do celular do Presidente da República é inconcebível e, até certo ponto, inacreditável. Caso se efetivasse, seria uma afronta à autoridade máxima do Poder Executivo e uma interferência inadmissível de outro Poder, na privacidade do Presidente da República e na segurança institucional do País”.

“O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República alerta as autoridades constituídas que tal atitude é uma evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”, finalizou.

Revoltado com a declaração, o youtuber compartilhou a declaração no Twitter e destacou o último parágrafo. “General Heleno acaba de assinar uma ameaça do GSI ao país”, acusou.

“Em nota, ele diz que, se o celular de Jair Bolsonaro for apreendido pelo judiciário, ‘poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional'”, apontou. Em seguida, perguntou aos seus seguidores: “Ainda é caso de ‘posição política’? Ou você já pode dar um grito?”.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.