Felipe Neto lamenta morte de Sabrina Bittencourt e faz alerta

Carol Bittencourt - 04/02/2019
COMPARTILHE
Felipe Neto fez post no Instagram (Imagem: Reprodução / Instagram)

Neste domingo (03), Felipe Neto usou seu perfil no Instagram para falar sobre Sabrina Bittencourt, ativista que se suicidou no último sábado (02). O youtuber, que era amigo de Sabrina, lamentou sua morte e ainda fez uma alerta importante para o que pode vir a acontecer em seguida.

Com fotos de Bittencourt no post, Felipe escreveu na legenda. “A maior ativista do Brasil, Sabrina Bittencourt me ligou ontem aos prantos por não aguentar mais a dor e a pressão das ameaças de assassinos q a perseguiam pelo mundo. Ela denunciou o esquema do João de Deus e o colocou na cadeia. Denunciou e acabou com Prem Baba. Passou 20 anos trabalhando para ajudar jovens e mulheres vítimas de abusos pelo mundo. Ontem, após uma de suas testemunhas protegidas ter o abrigo invadido em Londres por matadores de aluguel, Sabrina me ligou aos prantos, sem saber mais o que fazer. Ela só queria ajudar, mas o mal guiado por milicianos, políticos no poder nesse momento e líderes religiosos poderosos, conseguiu vencer“.

Tentei o que pude, mas Sabrina não aguentava mais a luta. Ela mudava de país clandestinamente toda semana para fugir dos que a queriam morta. Há uma semana, um sujeito começou uma campanha para destruir a reputação de Sabrina, alegando que seria viciada em drogas e esquizofrênica e por isso nenhuma de suas denúncias deveria ser levada a sério. Seus filhos tinham que fugir constantemente de matadores. A invasão da casa de uma de suas protegidas, as ameaças constantes e a pressão de não ter mais vida além de fugir e denunciar fez com que ela me ligasse. E infelizmente não fui capaz de impedir“, contou.

Sabrina ontem tirou a própria vida. O que ela deixou não foi apenas um legado de uma luta contra líderes religiosos abusadores e chefes de quadrilhas de assassinatos, tráfico de crianças e sequestros. Ela tb deixou todas as pistas, testemunhas e cartas nas mãos da justiça. Eu não posso detalhar, não posso ter esses indivíduos atrás de mim, não sou forte como a Sabrina, mas peço, do fundo do coração, q vocês procurem saber quem foi Sabrina Bittencourt, quem ela botou atrás das grades e quem ela estava denunciando antes de morrer. São pessoas poderosas, que hj estão no controle e que conseguiram silenciar a nossa heroína“, completou.

Minha dor está imensa. O sentimento de impotência e não ter conseguido salvar sua vida é indescritível. A única coisa que me consola é que Sabrina não morreu de verdade, pq o que ela fez em vida perdurará para sempre. Vá em paz, Sabrina, encontre aquilo que você nunca teve nesta Terra: tranquilidade. Você merece“, concluiu.

Em outra postagem, Neto salientou um fato. “Sabrina Bittencourt organizou as denúncias de estupro e assédio contra João de Deus e expôs sua rede de tráfico de bebês. Protegeu testemunhas de assassinos e precisou rodar o mundo clandestinamente para se proteger das ameaças. Ela conseguiu, João de Deus foi preso, hoje seu filho também foi preso, mas sua quadrilha inteira ainda está solta. Capangas do João de Deus já estão orquestrando um ataque p/ destruir a imagem de Sabrina, espalhando que era viciada em drogas e “esquerdista” e q por isso queria destruir um homem de Deus. A campanha já começou, até dizer q ela não morreu, estão dizendo. Tomem cuidado com esses bandidos”, pediu. “Sabrina morreu LUTANDO, o que significa que viverá para sempre!”, afirmou.

Nos comentários, os seguidores lamentaram. “É um absurdo!!!Temos que lutar contra o crime!“, disse um internauta. “Essa é umas das pessoas que vão viver para sempre“, afirmou outra. “O Brasil perdeu uma heroína“, escreveu uma terceira.

CONTINUE LENDO →

Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais. Apaixonada por séries e filmes, adora passar o tempo na Netflix. Está nas redes sociais no @bittencourt.caroline.

Deixe sua opinião!