Felipe Neto lembra mortes por dengue, desabafa sobre coronavírus e ataca aglomerações

Felipe Neto
Em rede social, Felipe Neto detona aglomerações (Imagem: Reprodução / YouTube)

Felipe Neto mostrou desespero pela onda de casos e mortes do novo coronavírus no Brasil. O famoso lembrou as mortes ocasionadas pela dengue, desabafou sobre a covid-19 e rasgou o verbo contra as pessoas que promoveram aglomerações nos últimos meses em meio à pandemia.

No Twitter, o empresário chamou a atenção: “Ano passado, o Brasil bateu recorde de mortes por dengue em 21 anos. Muita gente morreu, infelizmente. Sabe quantas mortes foram? 754 (até dia 07/12)”.

“Estamos com 81 mil mortos por Covid em 5 meses, mais de mil mortes por dia e tem gente dando festinha e indo pra bar!”, criticou Felipe. Até às 13h desta quarta-feira, o país somou 81.828 mortes e 2.178.159 infectados.

No mesmo post, Felipe se corrigiu. “Só uma correção: em 2019 foi o segundo maior registro de mortes por dengue em 21 anos. Perdeu apenas para 2015, quando 986 pessoas morreram”, alertou o youtuber.

Preocupado com a escalada do número de casos e mortes pelo novo coronavírus no país, Felipe Neto lembrou um dado alarmante: “Hoje, todo dia morre muito mais pessoas por Covid do que o número total de mortos por dengue o ano inteiro”.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com