Felipe Neto se revolta e xinga ao falar de morte de homem negro em mercado

Felipe Neto
Felipe Neto solta o verbo após caso revoltante (Imagem: Reprodução / YouTube)

A morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, após ser agredido em uma unidade do supermercado Carrefour tem chocado muitos brasileiros. Felipe Neto, por exemplo, usou o seu perfil no Twitter para demonstrar toda a sua revolta.

“’Tem que saber o que ele fez’. O cara foi espancado até a morte, tem que saber porr* nenhuma, seu fascista filho da put*”, disparou o youtuber, revoltado.

Num outro post, o influenciador desabafou: “O que mais me dá ódio é a sensação de não ter o que fazer. Boicotar o Carrefour só vai tirar empregos, prejudicar trabalhadores inocentes”.

“Os chefões continuarão andando de iate e jato particular. Que ódio do cacete”, completou Felipe Neto, que ainda compartilhou mensagens de pessoas minimizando a situação.

Cabe lembrar que o homem negro foi espancado e morto por dois homens brancos em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite desta quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra. As imagens da agressão foram gravadas e circulam nas redes sociais. Ainda não se sabe o que deu início às agressões.

O Carrefour informou, em nota, que lamenta profundamente o caso, que iniciou rigorosa apuração interna e tomou providências para que os responsáveis sejam punidos legalmente.

CONTINUE LENDO →

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com