Felipe Prior se pronuncia sobre acusação de estupro e revela terapia

Felipe Prior
Felipe Prior revelou que está sendo bloqueado por marcas (Imagem: Reprodução / Globo)

Acusado de estupro pouco tempo depois de deixar o BBB 2020, Felipe Prior revelou que está ansioso pelo seu julgamento, já que está sofrendo com os efeitos das denúncias.

Durante a sua participação no Lavando a Roupa, no canal do YouTube de Lucas Selfie, o arquiteto disse que está sendo rejeitado por marcas e bloqueado de ter oportunidades.

“O que estão fazendo comigo, sem ter provar nenhuma, é basicamente me excluindo. Quero ganhar dinheiro e não posso”, disparou.

Só quero provar minha inocência”, afirmou o ex-brother, que garantiu que não se preocupa com as acusações, mas que precisa disso para que as consequências cessem.

Estou fazendo terapia. Eu sou forte pra caralho. Continuo vivendo minha vida, mesmo com tudo que está acontecendo. F**a-se tudo o que estão me acusando. Minha consciência está tranquila. Vamos resolver e deixar tudo tranquilo”, completou.

O momento em que eu estou é de querer que tudo isso acabe. Quero que minha mãe tenha a paz dela. Minha mãe sabe o filho que ela tem e a pior coisa que tem para qualquer mãe é ver seu filho injustiçado. Vendo minha mãe e meu pai chorar e fingirem que estão bem não é legal”, lamentou.

“Só quero que isso acabe. Marque a audiência amanhã e eu vou. A pandemia está me fo***do. Eu continuo vivendo, mas hoje eu vou transar com a menina e tenho medo porque eu não conheço a menina ao ponto de não saber se ela pode me prejudicar”, confessou Felipe Prior.

“Tive que me blindar de um monte de coisa. Muitas vezes quando eu saio com a menina não saio só com ela, levo meus amigos. É muito doido”, contou.

Se me perguntassem se eu daria meus seguidores pela paz da sua família. Eu diria ‘na hora’. Vamos fazer a audiência amanhã? Vamos. Eu só quero provar minha inocência. E só o que eu quero e preciso e minha mãe também”, ressaltou.

Para quem não sabe, o ex-BBB está sendo acusado de estupro e tentativa de estupro por três mulheres. De acordo com as vítimas, os episódios teriam ocorrido em 2014, 2016 e 2018, durante a realização do Interfau, torneio universitário do curso de Arquitetura e Urbanismo.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›