Filhas engravidam do próprio pai em novela da Record e revelam seus motivos

Personagens farão cenas quentes com o pai (Imagem: Divulgação – Record / Montagem – RD1)

A novela Gênesis continua dando o que falar por causa da abordagem da história de Sodoma e Gomorra na Record. Agora, o motivo é o fato de duas personagens engravidarem do próprio pai.

De acordo com o Notícias da TV, após a esposa de Ló, Ayla (Elisa Pinheiro), se transformar em uma estátua de sal, Paltith (Polliana Aleixo) decidirá embebedar o pai com a intenção de dormir com ele.

Para completar, ela ainda convencerá a irmã, Tamires (Debora Ozório), a fazer o mesmo. O motivo é o fato delas acharem que são as únicas sobreviventes da terra, juntamente com o pai.

Diante da situação, Paltith chegará à seguinte conclusão: “É o único jeito de continuarmos a semente da família”. “E se alguma coisa acontecer com meu bebê?”, questionará a irmã.

“Se por algum motivo ele não vingar? Estamos sem descendentes de novo. Acho que não consigo”, desabafará. Mas a irmã retrucará, dizendo:

“Consegue, sim. É só fazer o pai beber e se deitar com ele. Asseguramos a nossa descendência. Tome. Ainda está pela metade. Tem bastante vinho”.

Por fim, no momento do plano, Ló estará lamentando a saudade da esposa: “Sou eu que te chamo, amor. Vem com seu marido. Estou te esperando. Por que foi olhar para trás? Fiquei tão infeliz sem você. Estou tão sozinho”.

E as filhas entrarão em ação: “Agora é o momento. Ele nem vai perceber que é você”. “A gente podia esperar ver se o seu bebê cresce e está tudo resolvido”, dirá Tamires.

“Não vamos ter outra oportunidade como essa. Tem que pensar no futuro, é o único jeito de continuarmos a semente da família. Vai ser rápido, pode deixar”, explicará a irmã.

A história de Sodoma e Gomorra, vale lembrar, foi contada de uma forma “light”, por focar no público que se posiciona contra a “ousadia” das tramas da Globo. Dessa forma, tudo foi mostrado de forma implícita.

Assim o folhetim não entrou na questão polêmica de que os habitantes praticavam atos homossexuais. Os personagens principais ficaram apenas chocados ao revelar o que viram.

O “pecado” dos habitantes foi mostrado de forma generalizada, focando na perversidade moral e crueldade.

Lucas MedeirosLucas Medeiros
Lucas Medeiros é formado em Comunicação Social e escreve sobre o dia a dia da TV.
Veja mais ›