Fim de ano afeta audiência das novelas da Globo, da Record e do SBT

Globo
Antonio Fagundes (Alberto) e Grazi Massafera (Paloma) em Bom Sucesso; novelas sofrem queda de audiência (Imagem: Divulgação / Globo)

A semana de 16 a 21 de dezembro foi nefasta para as novelas da Globo, da Record e do SBT no que tange à audiência. Dados obtidos na Grande São Paulo demonstram a queda dos índices no comparativo com a semana anterior (de 9 a 14 de dezembro). Apenas As Aventuras de Poliana e a reprise de Cúmplices de um Resgate (2015), exibidas no canal de Silvio Santos, mantiveram seus números.

Cartaz do Vale a Pena Ver de Novo, Avenida Brasil (2012) foi de 16,9 para 15,5 pontos, mesmo focalizando dois dos entrechos de maior destaque da trama: Jorginho (Cauã Reymond) descobrindo que Carminha (Adriana Esteves) é sua mãe e Cadinho (Alexandre Borges) expulso de casa por duas de suas mulheres, Verônica (Débora Bloch) e Noêmia (Camila Morgado).

Malhação – Toda Forma de Amar caiu de 17,4 para 15,8. Em cena, a desavença de Filipe (Pedro Novaes) e Rita (Alanis Guillen); a moça aceitou o auxílio de Rui (Rômulo Arantes Neto) na disputa pela guarda de Nina. Ainda, a greve de fome de Anjinha (Caroline Dallarosa) – decidida a reencontrar o namorado Cléber (Gabriel Santana) –, que só chegou ao fim com a ajuda de Carla (Mariana Santos).

Éramos Seis oscilou de 20,8 para 19 pontos, destacando os imbróglios amorosos dos irmãos Carlos (Danilo Mesquita) e Alfredo (Nicolas Prattes). O primeiro beijou a eterna namorada Inês (Carol Macedo), mesmo estando de compromisso com Mabel (Carla Nunes); o segundo chegou a ser preso durante um de seus encontros românticos, e políticos, com Adelaide (Joana de Verona).

Bom Sucesso foi de 28,8 para 26,6. O folhetim das 19h compreendeu as chantagens de Elias (Marcelo Faria), que condicionou a doação de sangue para a filha Gabriela (Giovanna Coimbra) à polpuda quantia que espera receber de Alberto (Antonio Fagundes) e Marcos (Romulo Estrela); respectivamente, sogro e namorado de sua ex Paloma (Grazi Massafera).

Amor de Mãe caiu de 28,9 para 28. A produção das 21h trouxe as investidas de Lurdes (Regina Casé) para livrar Sandro (Humberto Carrão) da dívida com o bandidão Marconi (Douglas Silva). Já Leila (Arieta Corrêa) despertou do coma, atrapalhando o romance do marido Magno (Juliano Cazarré) com Betina (Isis Valverde). Enquanto isso, Lídia (Malu Galli) intrigou Raul (Murilo Benício) e Érica (Nanda Costa).

Na Record, a reprise de A Escrava Isaura (2004) oscilou de 5,9 para 5,7 pontos. Já a de Caminhos do Coração (2007) perdeu um décimo, de 4,4 para 4,3. A inédita Amor Sem Igual também foi afetada pela proximidade do fim do ano, de 8,5 para 7,3. Outra reapresentação, de O Rico e Lázaro (2017), foi de 6,3 para 5,9.

No SBT, o repeteco de Meu Coração é Teu caiu de 6,5 para 5,6. O mesmo se deu com Abismo de Paixão, indo de 6,6 a 6,1. Somente As Aventuras de Poliana e Cúmplices de um Resgate garantiram a mesma audiência nas duas semanas: 9,2 e 8,3 pontos, respectivamente.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›