Fora da Globo, Tiago Leifert planejava apoiar político nas eleições e muda de ideia

Tiago Leifert
Tiago Leifert quase ficou mais perto da política (Imagem: Reprodução / Globo)

Antes mesmo de sair da Globo – o contrato dele chegou ao fim em dezembro -, Tiago Leifert estava empolgado com o surgimento de uma terceira via para a eleição presidencial e até planejava apoiar um político.

Segundo informações do colunista Guilherme Amado, no Metrópoles, no ano passado, o jornalista disparou mensagens para conhecidos do partido Novo dizendo que se colocava à disposição para ajudar na campanha de João Amoêdo ao Planalto.

No entanto, o apresentador ficou animado durante pouco tempo, já que Amoêdo não conseguiu viabilizar a pré-candidatura em meio às disputas políticas da legenda. O político desistiu, em junho do ano passado, de concorrer.

Veja Também

Tiago Leifert não escondeu a frustração e nem pensou em se aproximar do cientista político Luiz Felipe D’Ávila, o escolhido do Novo para substituir Amoêdo na disputa pela Presidência deste ano.

Cabe lembrar que o ex-global apresentou o Globo Esporte até 2015, depois seguiu para o núcleo de entretenimento da emissora e comandou o The Voice e o Big Brother Brasil. Em setembro de 2021, ele deixou a Globo após mais de 15 anos.

Tiago Leifert revela o seu time do coração

Recentemente, o famoso aproveitou a estreia do 3 na Área, com Rica Perrone e FuiClear, e falou sobre um assunto que antes poderia ser considerado até proibido. Na ocasião, ele garantiu que “70% das perguntas” dos internautas que acompanhavam o programa eram sobre o time do coração dele.

“O Clear é vascaíco, o Rica é são-paulino, e as pessoas querem saber, naturalmente, qual time eu torço…”, disparou o ex-apresentador da Globo, antes de ser interrompido por Perrone. “Ah você não vai responder isso aqui”, comentou.

Tiago Leifert, então, brincou: “Eu até falaria, mas eu não prefiro deixar subentendido”. “Sim, eu sou são-paulino”, revelou o famoso, antes de prosseguir. “Mas eu sou são-paulino extremamente consciente. Acho que meus amigos todos sabem disso, vocês também sabem disso. Eu amo a bola mais”.

Ele seguiu: “Eu gosto muito mais de futebol. Eu assisto ao jogo que eu quero. Às vezes, nem assisto ao jogo do São Paulo. E minha maior paixão mesmo é a seleção brasileira”.

“Foi em 94, vendo a seleção jogar que eu decidir ser jornalista, que eu decidi trabalhar com esporte. Então a seleção é muito, muito mais importante para mim”, finalizou o famoso.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›