Funkeira lança clipe sendo crucificada por Bolsonaro e causa polêmica

Globo
Jair Bolsonaro foi representado em clipe polêmico (Imagem: Reprodução / Band)

A comunidade artística tem se defendido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) da forma que pode e a funkeira Mc Rielle resolveu tomar uma atitude ousada contra ele.

Nesta semana, foram divulgadas imagens do seu novo clipe, no qual ela aparecerá sendo crucificada por um homem que representa o presidente, mas muita gente não gostou.

O fato da artista ter se colocado na mesma posição que a morte de Cristo fez com que muitos internautas a atacassem nos comentários.

“Estamos sendo crucificados nesse país a cada momento que alguém morre por causa de uma vacina que já existe. Enquanto isso líderes políticos se preocupam apenas em ações para se reelegerem”, protestou.

Mas um fã rebateu: “Não gosto do Bolsonaro, muito menos das atitudes que ele tomou, mas também não concordo com esse tipo de manifestação! Não gostei”. “Que falta de respeito”, disse outra.

“Embora tenha sido em boa intenção, envolve religião. Não ficou legal não miga. Tenta de novo”, pediu mais uma.

Recentemente, Jair Bolsonaro também foi criticado por Gilberto Nogueira, uma das estrelas do BBB 2021, que acusou o presidente por causa da situação da economia do Brasil.

“O governo tem sido ruim” afirmou o economista, que projetou melhora caso o “capitão” não seja reeleito.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o ex-participante do Big Brother Brasil lamentou o atual momento econômico do país.

“O governo atual tem sido ruim nas decisões políticas. Ele se esconde atrás de uma pandemia para se justificar. Não tomou decisões corretas”, avaliou.

O famoso soltou: “Não faltam evidência de que o Brasil está lascado. Nós conseguimos ver isso na alta dos preços, no desemprego, em questões como saúde e educação”.

“E a economia gira em torno disso, de educação, saúde, fomentar emprego e renda, trazer investimentos de fora. Não vemos isso acontecendo. Temos passado por um momento bem crítico. Mas dá para melhorar”, considerou.

Gilberto Nogueira refletiu sobre a posição da sociedade sobre a economia em geral:

“Economistas falam muito em bem-estar, mas acabou virando uma discussão numérica, algo que critico. No fundo, estamos falando: ‘Quero pegar aquela pessoa e fazer com que ela tenha uma vida melhor do que tem hoje’. Não estamos aqui para sobreviver, mas para viver”.

“Nós tivemos praticamente um ministro da Saúde por mês. Ele [Bolsonaro] passa por cima da ciência e da pesquisa e não valoriza aquilo que de fato pode ajudar nosso país. Acho que nós só vamos nos afundar ainda mais”, completou.

Confira:

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›