Gabily revela ter sido liberada na imigração após falar o nome de Anitta

Gabily
Gabily contou que passou pela situação ao chegar em Porto Rico (Imagem: Reprodução / Instagram)

A cantora Gabily contou que passou por uma situação um tanto quanto inusitada no exterior. Em seu Twitter, a artista disse que foi barrada na imigração e que os policiais só a liberou após ela dizer o nome de Anitta:

“Ontem eu fui pra imigração, perguntaram o que eu fui fazer em Porto Rico. Ai eu disse: encontrar uma amiga e depois ir pra Miami. Não queriam me liberar. Quando falei o nome da amiga kkkk os policiais começaram a falar: ‘Anitta, Anitta, cantante brasileira’ kkkk. Eu não acreditei kkk Foi muito doido. Eu amei conheci um lugar incrível, parecia cena de filme. Tô feliz. Agora já cheguei em Miami, tô com ela aqui’ é só posso agradecer a Deus por estar podendo viver tudo isso”.

A funkeira disse que, em Porto Rico, ficou surpresa com o poder que Anitta tem. “Do nada eu estava na maior favela de Porto, no show de um dos maiores cantores de lá, eu senti uma sensação muito doida. A Anitta não tem noção da fama dela não gente, essa mona chegou no lugar do show, foi querer passar no meio do povo pra ir até o palco. Começaram a gritar o nome dela, pedir foto e vídeo… uma multidão de gente kkkk“, revelou ela, completando:

“Teve uma hora que cercaram a gente e eu pensei. Lascou, vamos desmaiar aqui, bateu desespero real. Mas deu tudo certo. É muito louco ver como ela é tão grande em todos os lugares onde passamos. Acho que as pessoas nem imaginam o quanto”.

Durante o Profissão Repórter desta semana, Anitta chegou a comemorar o sucesso de sua carreira internacional. “Ter uma carreira internacional é uma coisa que é muito difícil, uma coisa que você não tem esses exemplos, uma coisa que você não vê assim”, disse a famosa.

Anitta seguiu: “Conseguir exportar o meu trabalho, conseguir cantar em outros idiomas… Eu tenho músicas em espanhol que foram grandes sucessos. Hoje ter ‘Girls from Rio’ tocando todas as rádios dos Estados Unidos”.

Direto da República Dominicana, a funkeira conversou com Caco Barcellos e disse como é servir de modelo para várias pessoas. “Eu fico feliz porque eu encontro isso em todas as classes, em todas as áreas. Pode ser na garota da laje, ou pode ser da garota do castelo, do palácio, da Zona Sul…”, comentou.

Eu acho muito legal, porque as pessoas entendem que eu não preciso abandonar minha raiz, ou quem eu sou, a minha simplicidade, para que eu seja bem sucedida, para que eu seja admirada pelas outras pessoas que são diferentes do meu nicho. Pensava-se que era uma coisa muito de sorte: ‘ah, deu para todo mundo’, ‘ah, mostrou a bunda’”, finalizou.

Guinho SantosGuinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›