Gal Costa fala sobre política e solta “fora, Bolsonaro” na Globo

Gal Costa
Gal Costa se posiciona sobre política e manda “fora, Bolsonaro” na Globo (Imagem: Reprodução/ Globo)

Gal Costa participou do Conversa com Bial, da Globo, nesta sexta-feira (19), e não deixou de demonstrar toda a sua insatisfação com o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido). No meio da entrevista, inclusive, ela pediu pelo impeachment do político.

A cantora falou sobre o tema ao lembrar do momento mais difícil da ditadura militar, quando enfrentou censura. Ela recordou esse sofrimento da época e foi enfática: “E tem gente querendo voltar a esse tempo, não pode”.

O programa, então, mostrou uma apresentação de Cazuza (1958-1990), na música “Brasil”, e a baiana destacou que não era de se posicionar. Ela explicou que, durante o regime militar, o seu posicionamento era “estético”.

“Eu me posicionei, né? Fora, Bolsonaro. Tem momento em que o artista tem de se posicionar”, disparou a famosa, deixando claro que se posiciona quando necessário.

Gal Costa também abriu o jogo sobre sua religião e explicou sobre o candomblé: “Minha relação com o candomblé começou quando Caymmi fez a canção ‘Mãe Menininha’, me convidou para cantar e foi um sucesso. Eu quis conhecer Mãe Menininha e fui lá. Quando a conheci, comecei uma relação com as pessoas da casa e aí fui iniciada”.

A cantora ressaltou ainda que acredita em destino e predestinação. “Eu acredito que a gente faz o nosso destino, a gente escolhe. Eu acho incrível, principalmente os artistas que nascem já sabendo o que querem. Tem alguma energia superior que nos conduz também, além do próprio desejo”, refletiu a artista.

Ainda no Conversa com Bial, Gal se emocionou quando Bial mostrou uma apresentação dela com Dorival Caymmi e confessou saudade ao ver um vídeo dela cantando com Tom Jobim (1927-1994).

“Eu falei com ele dois dias antes de ele viajar. Ele falou que quando voltasse dos EUA iria fazer nosso disco, mas aí aconteceu isso. Chorei muito”, lembrou ela, sobre a morte do cantor.

Gal comentou sobre a relação que teve com Tom Jobim: “Eu dizia: ‘Tom, ainda bem que não conheci você quando era jovem, senão ia me apaixonar'”.

Fábio AlmeidaFábio Almeida
Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›